in

Após premiado documentário, Ayrton Senna ganhará cinebiografia em 2020

Já integrando o calendário de futuros lançamentos de Gullane, a produtora tem apoio total de familiares do piloto.

Após inspirar um documentário muito premiado, a vida do astro da Fórmula 1, Ayrton Senna, vai virar filme. Senna ganhará uma cinebiografia no ano que vem (2020) quando comemoraria seus 60 anos de vida. O anúncio foi feito durante o Festival de Cannes e o projeto terá direção e roteiro por Luiz Bolognesi, responsável pelos filmes “Ex-Pajé” e “Uma História de Amor e Fúria”.

A cinebiografia será uma parceria entre Fabiano e Caio Gullane, produtores paulistas com o Instituto Ayrton Senna. Ainda não foram divulgados detalhes do projeto, como atores sondados para os papéis que mais nos deixa curiosos, como o próprio Ayrton Senna, Xuxa, e Adriane Galisteu, as ex namoradas mais famosas do piloto.

O projeto vem de longa data, pois a sobrinha do astro e diretora de Branding do Instituto Ayrton Senna, Bianca Senna, mencionou há três anos atrás a produção do longa´, na época ainda em fase de roteiro. Antes disso, a Warner também tentou desenvolver uma cinebiografia para o tricampeão da F1, morto em 1994. Seria uma produção internacional, com Antonio Banderas interpretando Senna, mas a família do mesmo não autorizou.

Ayrton Senna da Silva foi um piloto brasileiro de Fórmula 1, três vezes campeão mundial, nos anos de 1988, 1990 e 1991. Foi também vice-campeão no controverso campeonato de 1989 e em 1993. Sua morte, assim como o funeral e velório em 1994, provocou uma das maiores comoções da história do Brasil, bem como repercussão mundial.

O documentário, “Senna“, lançado em 2010 foi uma co-produção entre quatro países: França, Brasil, Reino Unido e Estados Unidos. O longa foi produzido pela Working Title em parceria com a ESPN Films e foi distribuído pela Universal Pictures. Entre os prêmios conquistados, estão dois BAFTA (o Oscar Britânico), nas categorias de “Melhor Documentário” e “Melhor Edição“.

Escrita por Lucas Belo

“O Pequeno Príncipe” vai virar concerto da Orquestra Petrobras Sinfônica

Entrevista: Pedro Sampaio lança novo single, “Fica à Vontade”, e faz balanço da carreira