“Às vezes eu acho que é surreal, sabe?”, comenta Luiza Trigo sobre o sucesso do “Meus 15 Anos”

Um sucesso literário! É assim que podemos definir “Meus 15 Anos”, de Luiza Trigo. Lançado em 2014, livro conta a história de Bia, uma garota que ganha uma grande festa de 15 anos após o seu pai a inscrever numa promoção de um shopping. Só que a menina não estava à vontade com a ideia de festa, já que por ser tão impopular, não tinha um número grande de amigos para convidar. A obra retrata o antes, durante e depois dessa festa que muda completamente a vida da menina. 

Após a adaptação do livro para os cinemas, o sucesso só aumentou. Segundo a autora, novos leitores vieram junto do livro. “Isso é muito engraçado! Hoje acho que eu vendi pra minha leitora mais nova, de 5 anos. Nunca tinha tido uma leitora tão novinha. Então, o filme me trouxe um público muito novinho. Muito incrível, fiquei muito feliz com isso também.”, confessa a autora.

Muito carismática, Larissa Manoela foi a responsável por dar vida à Bia nos cinemas e a escolha da atriz não poderia ser melhor. Mesmo que Luiza não a conhecesse antes do filme, a autora não pode negar que Manoela era a pessoa perfeita para o papel. “Foi um filme escolhido para ela e não ela escolhida para o filme. Mas, quando me falaram, na verdade, eu não sabia quem era ela. Falei “Gente, quem é Larissa Manoela? Não faço a menor ideia…”. Já falei isso pra ela! Aí eu fui pesquisar e por um acaso num vídeo no Youtube da festa de 15 anos dela. E eu achei muito fofo assim o brilho no olhar, a paixão dela pelos 15 anos dela. E aí eu falei “Ah, é ela mesmo, tô muito feliz e vamo que vamo!”, confessou.

Mesmo com o ótimo rendimento do livro e que ele esteja sendo lido por tanta gente, a autora parece não acreditar no tamanho do sucesso do seu trabalho. “Às vezes eu acho que é surreal, sabe? Quando falam “Ah, vendeu tantos mil” e aí eu falo “Eu não sei se vendeu isso tudo mesmo não, gente!”. Eu acho que pra mim a ficha nunca cai, sabe? É difícil de acreditar.”. Luiza conta que há leitoras que vão até ela contar que aprenderam a ler com o seu livro. “Eu fico com o coração quentinho!”, completa.