CCXP: Painel da Paramount com direito a recado de Johansson e declaração ao Brasil

0
896

Os painéis são as atrações mais concorridas da CCXP e até mesmo no primeiro dia de evento a tradição se seguiu. Apresentado por Érico Borbo, o painel da Paramount aconteceu no primeiro dia de CCXP e era um dos mais esperados pelos fãs não só pelas novidades, mas também pelos convidados. Um dos momentos mais legais desse painel foi o video da Scarlett Johansson (Lucy) falando do filme “Vigilante do Amanhã – Ghost in the Hell” no qual será protagonista. O longa se trata de uma adaptação do clássico anime japonês de mesmo nome. Depois do recado da atriz as luzes do auditório se apagaram para a exibição da abertura do filme que se mostrou extremamente fiel à obra original.

Confira o trailer:

Após todo alvoroço pela primeira novidade exclusiva do painel na CCXP, chegou a hora de falar da mais nova aposta da Paramount, xXx: Reativado. Sequencia do filme de 2002, o filme será estrelado por Vin Diesel (Velozes e Furiosos), terá no elenco atrizes como Nina Dobrev (The Vampire Diaries), Ruby Rose (Orange Is The New Black) e está previsto para o dia 19 de janeiro de 2017. Houve a exibição dos 20 primeiros minutos do filme e depois chegou a hora de receber os convidados. Junto de Nina e o lutador de MMA e ator Michael Bisping, Diesel subiu ao palco dizendo “I Love Brazil” levando os fãs à loucura. Os três falaram da alegria dos fãs brasileiros e elogiaram bastante a atuação do jogador de futebol Neymar Jr que fez uma participação no filme. E mais, disseram ainda que as filmagens para o próximo filme da franquia já vão iniciar em maio de 2017.

Vin disse no painel que depois de “Velozes e furiosos 7” ele apenas precisava de filmar algo novo e se divertir se referindo aos momentos dificeis que passou depois que seu amigo e irmão de cena Paul Walker faleceu devido a um acidente de carro nos intervalos das gravações. Segundo o ator, ele escolheu “xXx: Reativado” para deixá-lo com a mente mais leve. “Eu precisava fazer algo divertido, e ‘xXx’ foi o filme perfeito.”