Com Lady GaGa no topo, Billboard elege os 100 melhores clipes do século XXI

Em um especial sobre a evolução dos videoclipes, a Billboard liberou nesta terça (24), uma lista com os 100 melhores videos musicais do século. A escolha foi feita pelos colaboradores e críticos da revista que elaboraram uma lista que passa por todos os gêneros, do pop ao rock, passando pelo country, hip hop e até mesmo vídeos de KPop.

No primeiro lugar da lista está Lady GaGa. “Bad Romance”, o icônico vídeo dirigido por Francis Lawrence e lançado em 2009 foi um marco na carreira de GaGa, figura no topo de diversas listas de grandes videos e não poderia ser diferente por aqui. Coreografia e visuais marcantes, cenários grandiosos e uma cantora no auge de sua carreira tornam a produção atemporal e percursora de uma revolução nos videoclipes no século XXI, trazendo os videos musicais de volta para o centro da musica pop.

No segundo lugar da lista está Missy Elliott. Dona de um estilo único, a rapper construiu uma das melhores videografias no gênero. Enquanto suas contemporâneas queriam parecer sexy, Missy abraçou sua estranheza e “Work It” é a mostra perfeita disso. O vídeo de 2002 ainda hoje é atual e divertido e figura em uma posição de honra por aqui com todo o mérito.

No terceiro lugar, o vídeo mais simples do top 10. D’Angelo mostra vulnerabilidade num vídeo que fica entre o sexy e o conceitual. A câmera passeia pelo corpo nu do cantor que tensiona e relaxa ao ritmo de uma das melhores canções do inicio do século. “How does It Feel” foi feito em uma tomada que explorou não muito mais que as emoções do cantor, mas que causou euforia nas fãs durante muito tempo.

Na quarta posição está Beyoncé, “Formation” parou o mundo e se tornou um clássico instantâneo na cultura pop. Em tempos de protestos sobre igualdade racial, Queen B se posicionou e mostrou ao mundo todo o empoderamento que esperávamos da maior cantora negra da atualidade. O vídeo foi dirigido por Melina Matsoukas, parceira frequente de Bey e traz a cantora em sua melhor forma.

Completando o top 5, Outkast aparece com um dos grandes clássicos do inicio do século. “Hey Ya!” permanece sendo uma das canções mais viciantes da cultura pop e seu clipe não fica pra traz, reproduzindo um talk show e até satirizando a invasão britânica feita pelos Beatles. Andre 3000 estava em sua melhor forma e todos os seus clones fazem você se apaixonar instantaneamente pela história que ele conta, seja ela qual for.

Rihanna & Calvin Harris ocupam a 6º posição com um dos vídeos mais empolgantes da cultura pop no começo da década. “We Found Love” tem tudo, uma trágica história de amor rodeada por drogas e loucura, um monologo no começo que te faz se identificar com RiRi logo de cara, efeitos visuais certeiros e uma batida que acerta seu peito, faz a sua cabeça rodar e cantar junto. A produção mostra a capacidade de se reinventar da barbadiana em uma das melhores colaborações de sua carreira.

Britney Spears ocupa a 7º posição da lista com “Toxic“. A princesa do pop não poderia estar de fora do top 10 e há quem diga que ela deveria ter aparecido antes, dirigido pelo grande Joseph Kahn, “Toxic” traz Britney em seu auge e foi mais um dos grandes momentos da cultura pop. A sexy agente secreta incorporada por uma das maiores performers de sua geração fez todos desejarem um pedaço dela e influenciou toda uma geração de cantoras pop.

Na 8º posição, Beyoncé, a única artista que aparece no top 10 duas vezes. “Single Ladies” é, talvez, o vídeo mais icônico da carreira de Queen B. Com uma coreografia que foi reproduzida milhares de vezes ao redor do mundo, Bey criou o viral 10 anos atrás, nos primórdios da internet e definiu seu posto como um dos maiores nomes da música da atualidade.

Fatboy Slim ocupa a 9º posição com “Weapon of Choice”. Christopher Walken dançando por um motel, é tudo o que você precisa saber.

E fechando o top 10 temos Childish Gambino e sua “This Is America“. A produção é um daqueles vídeos que a gente não sabe se quer, mas é definitivamente necessária. Uma crítica em forma de vídeo contra o racismo e o genocídio da população negra, em tempos de Donald Trump, é a cultura pop se tornando política. Cheio de empoderamento e mensagens fortes, o vídeo é o mais recente da lista no top 10.

Outros destaques da publicação são:

Gangnam Stylede PSY na 12º posição
Blank Space“, de Taylor Swift na 13º posição, um dos melhores vídeos de sua carreira;
Telephone” parceria de Lady GaGa e Beyoncé na 14º posição;
Humble” de Kendrick Lammar na 15º posição
Helena“, do My Chemical Romance, ocupa a 17º, posição
Wrecking Ball” de Miley Cyrus na 19º posição.
California Gurls” de Katy Perry e Snoop Dogg na 23º posição
Despacito” de Luis Fonsi e Daddy Yankee na 29º posição
Call Me Maybe” de Carly Rae Jepsen na 31º posição
Oops I did it again” na 33º posição
Anaconda” de Nicki Minaj na 37º posição
Papparazzi” na 40º posição
Finesse” de Bruno Mars e Cardi B na 53º posição
Sorry” de Justin Bieber na 55º posição
Blood, Sweat and Tears” do grupo de KPop BTS na 67º posição
New Rules” de Dua Lipa na 74º posição
We Cant Stop” de Miley Cyrus na 80º posição
Break Free” de Ariana Grande na 94º posição

Confira a lista completa aqui