in , ,

Entrevista | Após sucesso no IGTV, Pepita lança o livro “Cartas Pra Pepita” na Bienal do Livro

Um dos nomes mais conhecidos do movimento LGBTQIA+, a Pepita, lançou na última edição da Bienal do Livro o “Cartas Pra Pepita”, que traz mensagens enviadas pelos fãs e conselhos da cantora que sempre tem uma mensagem muito positiva para dar. O projeto, que é uma versão física do que já é um verdadeiro sucesso no IGTV da artista, já está disponível nas livrarias e site oficial.

“Eu sempre gostei de ler só não tinha frequência de ler. Depois eu comecei a ter e fui pensando “Seria bacana a pessoa ter um livro na casa dela, na cabeceira da cama dela” porque a gente ficou muito viciado na imagem do telefone e aí veio a ideia do livro. Só que eu não esperava que fosse essa confusão toda, essa energia toda por causa do livro. Eu fiquei muito feliz muito realizada e tá andando ai”, conta.

Sobre o conteúdo do livro em comparação aos vídeos que faz na plataforma online, Pepita conta que além das cartas enviadas pelos fãs e os conselhos que sempre dá, o livro traz também histórias próprias. “São conselhos que eu já dei, mas eu conto história minha que ninguém sabe. Já amei, já fui amada, já traí, já fui traída, já apanhei, já bati.”, explica.

Mulher trans, funkeira e militante da causa LGBTQIA+, Pepita recebeu mais de 2 mil cartas e respondeu quase 300 delas em mais de 50 episódios do “Cartas Pra Pepita” no IGTV. “Pra mim é maravilhoso! Eu acho que a nossa bandeira tem espaço em tudo quanto é lugar. A única coisa que as pessoas tem que aprender é respeitar. Eu te respeito, você me respeita e a gente se respeita.”, diz a cantora sobre estar participando da Bienal.

Na última semana de Bienal do Livro o evento foi marcado pela decisão de Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro, de tentar censurar obras com conteúdo LGBTQIA+ da feita por considerar impróprias às crianças. O assunto rendeu manifestação no evento, além do repúdio vindo de autores, leitores e representantes das editoras que se manifestaram publicamente contra o prefeito. “Vai ser difícil de nos calar. A união faz a força, eu te seguro e você me segura ninguém larga a mão de ninguém.”, comenta Pepita sobre o assunto.

Além do livro, Pepita também está trabalhando em novos projetos e garante que em breve os fãs terão mais novidades, que incluem campos ainda não explorados pela artista. “Eu vou pisar no teatro, vou lançar um filme também e vem show novo.”, diz. “Antes de dezembro já tem coisa boa pra gente!”, finaliza.

Escrita por Otavio Pinheiro

Apenas mais um jornalista apaixonado por cinema e papelarias.

McFly anuncia retorno aos palcos e novo álbum

Suel grava clipe de “Amor de Amante” no Rio de Janeiro