in

Entrevista: Lulu Santos lança o “Pra Sempre” e comenta mais sobre o projeto

Como programado, foi lançado nesta sexta (24) o novo álbum de Lulu Santos, o “Pra Sempre”. Com 11 faixas, o disco chega inicialmente na versão digital trazendo 10 canções autorais e uma versão do clássico “The Look of Love”, composta por Burt Bach Bacharach e Hal David em 1967. Lulu também apresentou ao público o clipe da faixa-título. Assista:

A casa de Lulu serviu de cenário para o videoclipe, que conta com a participação bem rápida de Clebson Teixeira, o parceiro do cantor. “Pra Sempre” é, além de uma homenagem a Clebson, uma coletânea de composições que contam um pouco mais dessa história e das fases do amor desde o descobrimento da paixão. “No decorrer de fazer essas oito canções, mais essa peça instrumental, mais esse cover, tudo isso é relacionado a isto que vem acontecendo comigo nos últimos 12 meses. De maio a maio.”, conta Lulu.

Muito sincero quanto aos seus sentimentos e sobre o relacionamento, Lulu conta que não teve outra alternativa a não ser expor tudo o que tava sentindo e que não vê motivo para não fazer, já que a vida está cada vez mais exposta. “O que é a vida contemporânea sem a exposição dos nossos sorrisos, de nossas vidas maravilhosas, das nossas relações, das nossas cachoeiras e praias, né? Tudo isso a gente põe no Instagram o tempo todo. A vida contemporânea é uma vida que é exposta e uma vez que existe essa prática na medida que a vida é um filme você pode fazer de uma forma mais ou menos controlada, mas que ainda assim seja apenas o que é.”, conta o cantor.

As únicas colaborações especiais do novo projeto são na parte de produção, onde Lulu trabalhou ao lado de grandes nomes da música para dar cara às composições. “Alguma coisa tem que vir de fora pra adicionar ao seu. E o esquema de estar tudo exatamente como tinha que ser feito, no final acabava um álbum que não era satisfatório pra mim porque não tinha nenhuma surpresa.”, explica Lulu.

Falando em contribuições, o cantor esteve ao lado de Ruxell e Sergio Santos, responsáveis por hits de Iza e Pabllo Vittar, para a produção da faixa “Hoje em Dia”. A canção traz uma pegada mais voltada ao reggae e é um dos destaques do projeto. “Na medida que ela nasceu um reggae eu queria que ela tivesse uma baixa frequência profunda e fosse executada de uma forma que eu mesmo não ia conseguir fazer. Se eu fosse fazer, ia sair um reggae pop rock desses que o catálogo do pop brasileiro tá cheio, mas se eu entrego pra Sergio e Ruxell eles me devolvem aquilo exatamente o que eu queria sem eu ter que dizer cada detalhe “faça isso!”, “faça aquilo!” porque perde o frescor.”, comenta sobre a música.

Sobre a música cover, Lulu conta que a escolha de acrescentar a versão de “The Look Of Love” na tracklist se deu por conta do significado que a música tem na vida do casal. “Às vezes a gente entrava no carro sábado de manhã e ele não me dizia pra onde é que a gente ia quando eu via a gente tava em Inhotim. Então, uma vez fomos a um museu que estava aberto em Inhotim e lá entre algumas das obras que a gente visitou, porque é uma coisa grande que você não esgota em um dia […] A última obra que a gente visitou era um pavilhão circular no alto de uma pequena colina, uma coisa que não era pequena, tinha as dimensões de uma boate, era circular. Era uma pequena porta que você entrava, dentro era tudo escuro com uma luz vaga de boate, todo forrado de espelho e tocava “The look of love”. O resto vocês imaginam, né.”, conta Lulu.

No próximo mês, Lulu embarca na turnê de divulgação do álbum. O primeiro show da turnê homônima acontece no dia dia 1º de junho, em Belo Horizonte, mesma cidade de Clebson, mas o cantor conta que não teve nada programado para que assim fosse e sim que é uma coincidência. Confira datas e locais clicando aqui e ouça o álbum completo abaixo.

Escrita por Otavio Pinheiro

Apenas mais um jornalista apaixonado por cinema e papelarias.

Paris Hilton lança clipe de “Best Friend’s Ass” com a participação de Kim Kardashian

“Bacurau”, longa brasileiro, ganha prêmio do Júri no Festival de Cannes