Especial Dia das Mães | Artistas premiadas na história

Beyoncé é uma das grandes cantoras recordistas do Grammy. Assim como ela, outras artistas mães como Adele, Aretha Franklin e Alison Krauss fizeram nome da premiação. A memorável apresentação de QueenB ano passado, enquanto estava grávida de gêmeos, ficou marcada pela representação da maternidade no show business. Mas o prêmio de “melhor álbum” foi para outra cantora: Adele, que possui 10 gramofones. As duas reúnem os maiores títulos de nomeações em uma única edição do Grammy.

Elas ganharam diversas categorias desde 2010. Mas antes disso, Alison e Aretha já fizeram história ao longo do tempo. O evento surgiu em 1959 e, por isso, também teve empoderamento feminino anteriormente. A cantora country é a mulher mais premiada do Grammy Awards, com 27 gramofones. Além dela, Franklin ganhou oito vezes como “melhor performance vocal feminina” com estilo R&B nos anos 70 e 80. Beyoncé é a mais renomada na academia, com 62 indicações. Vinte delas foram conquistadas.

Inclusive, parabéns rainha! Confira o discurso da Adele para melhor álbum do ano na edição do ano passado:

Também tá tendo premiação para mulheres mães por trás das câmeras! A diretora feminista Patty Jenkins vai receber o prêmio “Women in Motion”, no Festival de Cannes. Jenkins, conhecida por Mulher Maravilha, deve receber no palco Gal Gabot, a protagonista da grande produção. A cerimônia da categoria para mulheres será dia 13 de maio.

Confira mais sobre o Festival

Gal Gadot e Patty Jenkins para o LA Times Foto: Divulgação