Inspirado em LoL, Emicida compõe nova música

O rapper cantou a nova música na Segunda Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (LOL)

No último dia 8 de setembro, em Porto Alegre, Emicida se apresentou na final da Segunda Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends, o CBLoL e surpreendeu os fãs de esportes eletrônicos e a comunidade hip hop. O rapper, que também é fã pela cultura gamer, compôs a música “Disseram que era só um joguinho“, inspirada nos jogadores de League of Legends. A canção traz ainda os principais jargões de streamers e atletas profissionais de LoL.

LOL é um jogo eletrônico gratuito, do gênero multiplayer online battle arena, do qual os jogadores assumem o papel de “invocadores”, controlando campeões com habilidades únicas e que lutam com seu time contra outros invocadores ou campeões. No modo mais popular do jogo, o objetivo de cada time é destruir o nexus da equipe adversária, uma construção localizada na base e protegida por outras estruturas.

A música foi escrita em primeira pessoa para dar poder para o ouvinte se sentir como o personagem principal. “A partir dessa pesquisa monstra, eu levantei essa rima aí, pensando em fazer um hino de homenagem mesmo, porque eu me vejo muito na trajetória dos moleques e a gente também vem de um lugar que foi muito desacreditado”, explica Emicida, que para escrever a música, fez uma grande pesquisa sobre o assunto.

Confira o vídeo:

Apesar da diferença entre um MC e um gamer, Emicida viu a similaridade de sua trajetória com a deles: “Quando a gente começou a fazer as batalhas de MC, muita gente riu, debochou e minimizou como se fosse uma coisa passageira, uma brincadeira de moleque. Daí quando eu canto no refrão que “É só um joguinho”, que é um dos motes mais velhos da comunidade, de certa forma eu tô me remetendo a um universo do qual eu vim quando falaram coisas parecidas pra gente. Hoje, olha a proporção que a gente tomou e, sinceramente, cadê as pessoas que criticaram nóiz? Todas elas desapareceram ao longo da história. Quinze anos depois, somos um divisor de águas não só do rap, como da música brasileira”.

O evento contou com a presença de mais de 3 mil pessoas. O vencedor da Segunda Etapa do CBLoL 2018 recebeu o prêmio de R$ 70 mil e a vaga para a Fase de Entrada do Mundial de LoL, que acontece em outubro na Coreia do Sul. As partidas foram transmitidas pelo canal SporTV, no YouTube e no Twitch da Riot Games.

Leia Também:

A LUTA DE UM ESCRAVO NA MÚSICA: “INÁCIO DA CATINGUEIRA”, NOVO SINGLE DE EMICIDA