“Lady Night” pode ser exibido na Rede Globo, diz colunista

Imagem: Divulgação

O sucesso do talkshow “Lady Night”, apresentado por Tatá Werneck e exibido pelo Multishow, canal da Globosat, é tão grande que a Rede Globo estuda exibir o programa também no canal aberto.

É o que diz a colunista Cristina Padiglione, da Folha de S. Paulo. Segundo a publicação, a informação correu durante o PAYTV Forum, um evento que discute sobre o mercado de TV por assinatura no Brasil e no mundo.

Se for aprovada, a ideia é que o “Lady Night” passe a ser exibido tanto na Globo quanto no Multishow já na próxima temporada. Recentemente, a emissora apostou nessa mesma “casadinha” entre os canais com o “Só Toca Top”. O programa, apresentado por Fernanda Souza e Luan Santana, é exibido na sexta-feira pelo Multishow para depois ir ao ar ao sábado na programação da Rede Globo.

Além de sucesso de público, crítica e repercussão nas redes sociais, o “Lady Night” impressionou nos números de audiência. Já na primeira temporada, o programa arrebatou 11 milhões de pessoas pela televisão. Já na plataforma Multishow Play, atingiu mais de 450 mil horas assistidas em mais de 1,5 milhão de visualizações.

A terceira temporada do “Lady Night” começa a ser gravada ainda esse mês, pouco tempo depois do fim da novela “Deus Salve o Rei”, onde Tatá Werneck interpretou Lucrécia. No Twitter, a humorista instigou os telespectadores: “Meu Deus, os convidados da terceira temporada são incríveis”, escreveu. Personalidades como Anitta, Bruna Marquezine, Claudia Leitte, Sandy e Neymar Jr. já foram entrevistados no programa.