Livros para ler nas Férias | John Green, Agatha Christie ou Deborah Levy?

Há dezenas de coisas que podemos fazer nas férias, mas sem dúvidas uma das coisas mais legais de se fazer é curtir um bom livro. Pensando nisso, a Estante Virtual selecionou para você que não sabe ainda o que ler nas suas férias uma lista de livros livros bem baratinhos disponíveis no site. Vamos à lista?

**Clique nas capas dos livros e seja redirecionado para o site da Estante Virtual para conferir os preços.

A primeira dica da lista é o livro de Yann Martel, “As aventuras de Pi”. Piscine Molitor Patel e sua família decidem ir para o Canadá depois de fechar o zoológico da família. A embarcação deles naufraga, e o jovem sobrevive junto com alguns animais, incluindo um temível tigre de Bengala, com o qual desenvolve uma ligação. Pi, como é conhecido, que travou uma luta para sobreviver em meio à natureza selvagem e imprevisível do Pacífico. O livro ganhou adaptação para os cinemas em 2012 protagonizado por Suraj Sharma e foi um sucesso.

 

Outro destaque é o “Nadando de volta para casa”da britânica Deborah Levy, uma das confirmadas para a Flip deste ano. O livro é um romance sobre relacionamentos frágeis, segredos de família e o poder do não dito. Com uma trama elíptica e perturbadora, o livro relata o que seria a idílica viagem de um poeta britânico à Riviera Francesa, com amigos e família, até uma jovem aparecer nua, na piscina da casa. Enigmática, Kitty Finch persegue Joe, seu autor favorito, com a intenção de lhe entregar um poema, e toda a narrativa gira em torno do tenso momento em que o escritor expõe sua opinião sobre a obra da jovem, levando a história a um desfecho surpreendente. Finalista do Man Booker Prize e eleito livro do ano pelo New York Times Book Review, a ficção romântica revela como os segredos mais devastadores são aqueles guardados de nós mesmos.

Nossa terceira dica é um clássico de Agatha Christie, o “Assassinato no Expresso do Oriente”, que narra a viagem do detetive belga Hercule Poirot, que está a bordo do Expresso quando um passageiro é encontrado morto. Amplamente desprezada, a vítima tinha muitos inimigos, e Poirot tem que peneirar um grupo excêntrico de suspeitos para encontrar o assassino. Resumo: Nada menos que um telegrama aguarda Hercule Poirot na recepção do hotel em que se hospedaria, na Turquia, requisitando seu retorno imediato a Londres. O detetive belga, então, embarca às pressas no Expresso do Oriente, inesperadamente lotado para aquela época do ano.  O trem expresso, porém, é detido a meio caminho da Iugoslávia por uma forte nevasca, e um passageiro com muitos inimigos é brutalmente assassinado durante a madrugada. Caberá a Poirot descobrir quem entre os passageiros teria sido capaz de tamanha atrocidade, antes que o criminoso volte a atacar ou escape de suas mãos.

O romance “Deixe a neve cair”, de John Green, também é um dos indicados. O livro se passa numa noite de Natal onde uma tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para encontros românticos. Em “Deixe a Neve Cair”, a parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. E provam que o amor verdadeiro pode acontecer quando e onde menos se espera. 

 

 

Com audaciosa imaginação e brilhantismo lírico, Rana Dasgupta pinta um retrato do século XX por meio da história de um cego centenário no livro “Solo”, quinta dica de hoje. No primeiro movimento de Solo, conhecemos o búlgaro Ulrich, filho de um engenheiro ferroviário. Ele tem duas grandes paixões: o violino e a química. Rejeitado pelo pai, Ulrich vai à Berlim de Einstein para estudar com Fritz Haver. Porém, quando a fortuna da família evapora, ele tranca o curso e volta a Sófia para cuidar dos pais. Ulrich nunca mais deixa a Bulgária, exceto em seus devaneios e são estes os sonhos que conhecemos no volátil segundo movimento do livro. Em um salto radical do passado para o presente, da vida vivida para a vida imaginada, Dasgupta segue com a fantasia infantil de Ulrich, nascido do comunismo, mas trilhando seu caminho no mundo pós-comunista marcado pelas celebridades e pela violência. Entrelaçando ciência e desgosto, o velho e o novo mundo, o real e o imaginário, Solo anuncia a voz de um virtuose da literatura. 

Nossa sexta dica é um clássico da aclamada escritora canadense Margaret Atwood, “A noiva ladra”. O livro conta a história de três amigas que cumprem o ritual de se reunirem mensalmente no restaurante Toxique quando são surpreendidas por uma desagradável descoberta: Zenia, que afetou profundamente a vida de Tony, Charis e Roz, está viva, e observando o trio com uma voracidade aterradora. Ao saberem que ela está hospedada num hotel local, cada uma das personagens segue em busca de explicações; das quatro mulheres, uma não sairá viva de lá. A noiva ladra desafia o leitor a descobrir os mistérios por trás das múltiplas identidades e das ações de Zenia.

 

A sétima dica dessa lista é o livro “Para educar crianças feministas” de Chimamanda AdichieApós o grande sucesso de “Sejamos todos feministas”, a autora retoma o tema da igualdade de gêneros neste manifesto com quinze sugestões de como criar filhos dentro de uma perspectiva feminista. Escrito no formato de uma carta da autora a uma amiga que acaba de se tornar mãe de uma menina, o livro traz conselhos simples e precisos de como oferecer uma formação igualitária a todas as crianças, o que se inicia pela justa distribuição de tarefas entre pais e mães. E é por isso que este breve manifesto pode ser lido igualmente por homens e mulheres, independente do sexo de seus filhos. Partindo de sua experiência pessoal para mostrar o longo caminho que ainda temos a percorrer, Adichie oferece uma leitura essencial para quem deseja preparar seus filhos para o mundo contemporâneo e contribuir para uma sociedade mais justa.

A a Estante Virtual criada em 2005, ultrapassou a marca de 17 milhões de livros vendidos em todo o país e é o mais democrático e-commerce brasileiro de livros, sendo reconhecida por exaltar a literatura e a arte brasileira. Formada por uma rede que integra 2.600 pequenas livrarias, a plataforma on-line vende livros novos, seminovos e usados, a partir de R$ 3,00 (três reais).

Já escolheu o livro que vai ler? Comente aqui embaixo sua preferência! 😀