Luke Perry, astro de “Riverdale” e “Barrados no Baile”, morre aos 52 anos

O ator não conseguiu se recuperar de um AVC e teve sua morte confirmada por empresário

Após ser internado às pressas devido a um AVC, o ator Luke Perry, conhecido por sua brilhante atuação nas séries de televisão “Riverdale” e “Barrados no Baile”, morreu aos 52 anos na manhã desta segunda-feira (4), em Burbank, Califórnia. Em entrevista para site americano, um de seus assessores contou que os médicos o sedaram, para recuperar sua função cerebral, mas não tiveram sucesso.

O ator foi hospitalizado na última quarta-feira (27), por conta de um derrame que sofreu em sua residência. De acordo com o TMZ, um dos portais de celebridades mais respeitados do mundo, os paramédicos responderam a um chamado na casa do artista por volta das 9h40 deste dia e o levaram a um hospital nas proximidades.

Elenco da produção adolescente Riverdale / Foto: UC Magazine

No ar com “Riverdale”, Perry se dedicava à construção de seu personagem Fred Andrews, pai do protagonista Archie, representado por KJ Apa. Segundo fontes que estavam acompanhando a produção televisiva, o intérprete havia participado recentemente das gravações de algumas cenas nos estúdios da Warner Bros, em Los Angeles.

Luke Perry em produção dos anos 90 / Foto: Divulgação

Embora muita gente o tenha conhecido recentemente, o ator já participou de diversos trabalhos marcantes durante sua carreira. Seu papel de maior destaque foi o galã Dylan McKay de “Barrados no Baile”, uma das séries de maior sucesso dos anos 90. Seu talento inquestionável também pode ser apreciado na dramática “Buffy, a caça-vampiros” e no filme de aventura “O quinto elemento”, ambos de 1997.

Com a confirmação de seu lamentável falecimento, Luke Perry deixa sua noiva Wendy Madison Bauer, seus dois filhos Jack e Sophie, a mãe Ann Bennett, os irmãos Tom Perry e Amy Coder, além de muitos amigos e uma legião de fãs que conquistou durante toda a sua trajetória.