Resenha | O Império Final – Mistborn/Nascidos da Brumas #1

101″O Império Final” é o primeiro livro da trilogia Mistbor/Nascidos da Bruma do autor Brandon Sanderson, conhecido pelo épico “Elantris”. O gênero fantástico é predominante na narrativa que também flerta com o drama histórica e a distopia política.

A premissa é simples: num mundo governado por um cruel ditador, o Senhor Soberano, a população é dividida em castas e altamente explorada. Um grupo de foras da lei se une á causa rebelde para desestabilizar a capital do Império, Luthadel e dar o poder aos skaas (a casta mais inferior).

A parte fantástica vem da alomancia – uma magia baseada na ‘queima’ de metais. São ao todo 10, separados em duplas que dão ao alomântico, habilidades específicas: desde força física bruta até a manipulação das emoções de terceiros. O Nascido das Brumas é aquele capaz de ‘queimar’ todos os elementos e por isso, extremamente poderoso.

A criação do universo distópico fantasioso do Império Final não se diferencia muito das demais fantasias encontradas no mercado literário, o que torna esse livro especial são seus personagens e sua narrativa complexa sem nunca se torna complicada (algo que alguns autores consagrados do gênero parecem nunca conseguir diferenciar).

Por falar em coisas que livros de fantasia precisam entender, Sanderson dá uma aula de escrita: de forma fluida e cativante, ele constrói cenários de forma objetiva mas bem detalhadas, sem nunca se torna mirabolantes. Seus personagens são absolutamente são ímpares, multidimensionados, reais. Do maior ao menor, mesmo aqueles que poderiam cair no clichê são magistralmente construídos de forma que o/a leitor/a realmente se importa com seus destinos. (Eu gostaria de explorar melhor as facetas mas esse é um texto livro de spoilers e seria impossível abordar certas características sem entrar em detalhes da estória).

A cenas de ação e lutas merecem destaque pela sua agilidade narrativa combinada com uma precisa descrição das emoções dos personagens

envolvidos que, ao invés de desviar o foco, aumenta o interesse de quem está do lado de lá da página. O livro fascina pelos seus personagens bem construídos num universo místico mas absolutamente relacionável com esse que vivemos.

Minha única crítica negativa ao livro é a sinopse. Absolutamente rasa, e em alguns pontos incorreta, ela não atrai quem ainda não leu – eu mesma enrolei bastante a tocar nele, só o fazendo finalmente por indicação de uma amiga. Parece mesmo que quem elaborou o texto da contracapa não leu a obra. E deveria. Aliás, todo mundo deveria.

Titulo: O Império Final – Mistborn/Nascidos da Brumas #1
Autora: Brandon Sanderson
Editora: LeYa;
Gêneros: Fantasia, Horror e Ficção Científica
Série – Volume: 1
Número de páginas: 608 páginas
ISBN: 9788580448641
Ano: 2014

Resenha escrita por Ludmilla Fadel (@ludmilla_fadel)