Sandy emociona fãs na estreia do novo show no Rio de Janeiro

Imagem: Thiago Martins/AGNEWS

Depois de 8 meses, Sandy retornou ao Rio de Janeiro para realizar a primeira apresentação da nova turnê “Nós Voz Eles” em palcos cariocas. Por uma hora e meia, ela cantou lançamentos, covers e sucessos e enlouqueceu a plateia, que esgotou os ingressos para o show.

A artista entrou no palco ao som de “Respirar”, música do último álbum “Meu Canto” e seguiu a apresentação com “Escolho Você” e “Pés Cansados”, hits dos primeiros discos. “Muita saudade desse palco, dessa galera, dessa energia e desse amor. Muito feliz de estar de volta com esse show novo, finalmente”, afirmou antes de seguir a apresentação com “Nosso Nó(s)”.

O palco tenta recriar o cenário em que a websérie do projeto é ambientada: o estúdio montado na casa de Sandy. “Assim como o disco está sendo lançado de maneira um pouco diferente, essa turnê também vai acontecer de maneira diferente. O show que vocês vão ver aqui hoje, só vocês vão ver”, prometeu.

O primeiro lançamento no show foi “Areia”, parceria com o marido Lucas Lima lançada na última sexta-feira. Mesmo não estando presente, ele cantou virtualmente com a esposa pelo telão montado no fundo do palco. O show seguiu com a dobradinha “Ela/Ele” e “Perdida e Salva”, tradição nos shows da artista desde a turnê “Manuscrito”.

A nostalgia tomou conta do Vivo Rio já nas primeiras frases de “As Quatro Estações”, um dos maiores sucessos de Sandy & Junior que, pela primeira vez, integra o setlist do show solo. Para quem não frequenta os shows de Sandy, vale ressaltar que em todas as turnês ela cantou duas músicas da época da dupla. “Quando Você Passa (Turu, Turu)”, “A Lenda” e “Desperdiçou” são algumas das canções que ganharam releituras.

“Eu adoro cantar Sandy & Junior porque sei que vocês curtem. E como fã de outros artistas, eu sei como é ruim quando a gente vai ao show do ídolo e ele não canta nossas músicas favoritas”, exemplificou, antes de iniciar um cover de “Stop This Train”, de John Mayer, uma das maiores influências da cantora. Essa foi a primeira música exclusiva da setlist do Rio de Janeiro, comprovando que a cantora não mentiu quando disse que faria um show diferente a cada cidade.

A setlist seguiu com “Morada” e “Salto” e, antes de cantar “No Escuro”, Sandy falou mais sobre o novo projeto e foi só elogios à parceira Maria Gadú, que também fez um “dueto virtual” com a cantora: “O ‘Nós Voz Eles’ é um projeto só com convidados. Essa é uma música muito especial pra mim porque foi a primeira vez em que eu coloquei uma das minhas principais influências: o jazz. A Gadú trouxe um encanto que é só dela”.

Sandy reservou um momento especial para homenagear os fãs. Ela escolheu um espectador da plateia para subir ao palco e ao lado dele, cantou “Tempo”, do “Manuscrito”. Foi a primeira apresentação da música desde o fim da turnê do álbum, em 2012. “Espero que ele tenha conseguido matar a vontade de vocês”, brincou.

Um dos momentos mais aguardados da apresentação foi a canção “Me Espera”, parceria com Tiago Iorc. “Eu gravei meio despretensiosamente e ela tomou uma proporção muito maior do que eu poderia imaginar. Se tornou uma música muito especial pra mim”, disse Sandy. A música acumula mais de 100 milhões de reproduções nas plataformas digitais.

A maior surpresa da noite ficou por conta de uma releitura bem inesperada de Sandy & Junior. Ela resgatou o clássico “Eu Acho que Pirei”, de 1997, e levou os fãs mais saudosos à loucura. A plateia subiu nas mesas e cadeiras e relembrou os tempos da dupla. Antes do bis, o público se juntou e fez coros de “Quando Você Passa (Turu Turu)” e “Não Dá Pra Não Pensar”.

Sandy encerrou o show com “Aquela dos 30”. “Eu acho que eu estava com mais saudade do que eu sabia que estava. E olha que eu tava com muita saudade! Esse carinho que vocês me dão é incomparável. Muito obrigado por me receberem com tantos sorrisos e por estarem comigo sempre, mesmo os que acabaram de chegar”, terminou agradecendo.

A turnê “Nós Voz Eles” segue com datas confirmadas até outubro. No próximo fim de semana, Sandy se apresenta duas vezes em São Paulo.