in

“Socorro, Virei Uma Garota!”, mostra mensagem importante sobre aceitação e autoconhecimento com grande dose de comédia | Crítica

Socorro, Virei Uma Garota estreia dia 22 de Agosto

“Socorro, Virei uma Garota!” conta a história de Júlio (Victor Lamoglia), um garoto nerd e tímido do colégio, ele é apaixonada por Melina (Manu Gavassi), a garota mais popular do colégio. Ele sempre tenta chamar a atenção de Melina, porém, sem sucesso, então ele faz um pedido para a estrela cadente; para ele se transformar na pessoa mais descolada do  colégio. O desejo se realiza, porém não da forma que ele queria… Julio, acaba se transformando em uma mulher, a Julia (Thati Lopes), garota mais popular e influencer, além de precisar lidar com sua paixão por Melina, que é melhor amiga da Julia.

Apesar de parecer algo voltado para adolescente, o filme consegue nos surpreender bastante durante a história, retratando assuntos bastante importantes da atualidade, como: machismo, amizade tóxica, LGBTQ, amor próprio e autoaceitação. E isso tudo acontece quando quando Julio, vira Julia e começa a ver alguns aspectos da vida que, como homem, ele nunca percebia, isso junto com seu melhor amigo Cabeça (Leo Bahia). Juntos os dois formam uma parceria incrível e, digna de grandes risadas. 

“Eu acho que o amor próprio e a aceitação é uma coisa diária, é uma coisa que a gente tem que trabalhar. Muita gente não tem. Eu ter sido gordinho a vida inteira, foi uma coisa difícil pra mim na escola, por que eu via as pessoas diferentes de mim, eu me sentia excluído, deslocado naquele lugar. E quando eu vi o mundo a minha volta, eu percebi que eu podia ser qualquer coisa. Esse filme, é um filme que eu queria ter assistido quando eu estava na escola, ele passa essa mensagem de que está tudo bem ser quem a gente é, esta tudo bem a gente estar dentro do nosso corpo, da nossa pele, e que a gente não precisa ser outra pessoa”, conta Leo para a PoltronaVip.

O Filme lembra bastante outras comédias nacionais de grande bilheteria, como: “Se Eu Fosse Você’’, é possível notar que eles levam essas grandes referências para “Socorro, Virei uma Garota”, além de conceitos de filmes de comédia norte-americanas também, como: “Um Dia Muito Louco”; “Vice-Versa”; “De Volta aos 18”. O que nos trás algo bastante trabalhado, engraçado, e ainda com uma linda mensagem no final. É claro que, como a grande maioria das comédias, existe um ponto um tanto quanto forçado para fazer com que os telespectadores caiam na risada, além de alguns clichês que sempre estão presentes nos filmes de comédias,como: a dificuldade em andar com um salto alto. Porém, na grande maioria, a risada é sempre garantida.

“A mensagem do filme, é importante e fundamental, por que a gente está em um momento onde a nossa sociedade está doente, tem muita gente deprimida, tem muita gente morrendo, tem muito indice de suicidio de muita gente que não acham aceitável ser quem eles são. É uma mensagem triste e urgente, não é uma brincadeira, é real, então qualquer passo que a gente possa dar dessa compreensão da aceitação, e da diversidade, e entender que tudo bem você ser diferente, tudo bem o outro ser diferente. Isso é uma mensagem muito urgente para o mundo. E esse filme, ele é uma comédia, mas ele também faz piada com muitas coisas que não são piadas hoje em dia, e você vai entendendo que os personagens vai entendendo isso. E no final a mensagem é: Me amar e, poder amar quem eu quiser, e ser feliz com o meu amor, e a gente precisa entender isso”, acrescenta Lua Blanco.

Elenco

O Elenco inteiro tem bastante talento e carisma, eles conseguiram se entregar totalmente nos personagens. Thati Lope (Julia), segura o filme com as cenas mais engraçadas e carismáticas, ela é bastante divertida e atua muito bem. Leo Bahia (Cabeça), interpreta com perfeição o papel de garoto nerd, nós fazendo dar boas risadas com as suas piadas. Manu Gavassi (Melina), faz uma boa interpretação da menina patricinha e popular, mas que no fundo só deseja um amor de verdade. 

Victor Lamoglia (Julio), faz o seu personagem, um nerd apaixonado, mas que não tem coragem de falar isso para a menina, com uma desenvoltura enorme. Já Felipe Adler, interpreta com perfeição, o papel de Douglas, um playboy crossfiteiro, fã de suplementos. Enquanto Nelson Freitas, já bastante conhecido no mundo da comédia, nos permite vários momentos de risadas, no papel do pai de Júlio/Júlia. Bruno Gissoni, Kaique Brito, e Vanessa Gerbelli também possuem um desempenho muito bem feito, dignos de serem lembrados.

Produzido por Camisa Listrada, em coprodução da Paramount Filmes e Panorama FilmesSocorro, Virei Uma Garota”, estreia dia 22 de agosto.

Confira o trailer!


Escrita por Eloisa Ribeiro

22 anos. Estudante de Jornalismo.

Além da música brasileira, Azealia Banks critica e ofende Pabllo Vittar

Marília Mendonça ganha documentário inédito no Globoplay