Vance Joy leva sua turnê ao Rio e empolga fãs. Confira o que rolou no show!

Imagem: Otávio Pinheiro / Poltrona Vip

O cantor Vance Joy realizou, na noite do último sábado (06), o segundo e último show da passagem da “Nation of Two World Tour” pelo Brasil. A apresentação feita com casa cheia no Circo Voador não teve estrutura muito elaborada, apenas a banda e um jogo de luzes, deixando o foco para nas belas músicas do australiano, que está em sua segunda passagem pelo país (a primeira foi no Lollapalooza 2017).

Vance entrou no palco pontualmente às 22:30h sob gritos e aplausos de um público empolgadíssimo. A primeira música, “Call If You Need Me“, do álbum que dá nome à turnê, seguida de “Mess is Mine“, do primeiro álbum, ambas cantadas intensamente pela plateia. Depois disso o primeiro contato, em um correto português. “Boa noite!” e a gritaria se intensifica, mais algumas palavras em português e os fãs já estavam entregues.

Com o início de “Like Gold” ficava evidente uma coisa que seria a contante de todo o show, os fãs cantando todas as músicas do início ao fim. Com “Take Your Time“, um dos melhores momentos da noite, com a canção sendo tocada à perfeição, ótimos vocais e um período de êxtase do público, que perdurou por mais duas músicas, o coro estava mais forte e mais empolgado. Ao som de “Fire and the Flood” o público se anima e começa a pular. Era nítido no rosto do cantor a alegria de estar ali, o tempo inteiro ele cantava sorrindo.

Vance Joy no palco do Circo Voador

Com “I’m With You” (em versão mais íntima, como no álbum), a banda saía de cena e deixava Joy sozinho no palco com seu violão e, mais uma vez o público sabia de cor a letra. Antes de “From Afar“, Vance fala que aquela era uma música especial, pois era uma de suas primeiras composições.

Mesmo com a volta da banda em “Bonnie & Clyde“, o público esfriou um pouco, mas nunca parando de cantar. O cantor conta que já tinha visto fotos e imagens sobre o Rio e que sabia que era lindo, mas que ele não tinha ideia do quanto. Apesar de a interação com o público ser tímida, o australiano está totalmente confortável no palco, em momento algum desafina ou demonstra alguma dificuldade em cantar as letras de amor.

Fã registra momento do show da “Nation of Two World Tour”

Depois de “Wasted Time“, que começou meio parada, mas cresceu e, no fim, voltou a empolgar os presentes, começa a matadora sequência final iniciada com a linda “Georgia“. Ao fim de “We’re Going Home“, Vance deixa de lado seu, até então, inseparável violão e para o delírio do público pega o ukulele e fala: “Hoje é o dia perfeito pra essa música”, é quando começam os alegres acordes de “Saturday Sun“.

Só ao anunciar que a canção seguinte seria a penúltima percebemos o (infelizmente) curto show estava chegando ao fim (a setlist teve apenas 14 músicas). E então vieram “Lay it on Me” e, para terminar do melhor modo o possível, seu maior sucesso, “Riptide“, que encantou o público.

Com um show enxuto e muito bem ensaiado, o cantor australiano termina sua passagem pelo Brasil (ele também se apresentou em São Paulo na última sexta-feira). Agora ele segue em turnê pela América Latina, com datas na Argentina, Chile, Colômbia e México.

Postaremos, em breve, em nosso canal do YouTube, a entrevista que fizemos com Vance Joy.