Connect with us

Música

ALLU protesta contra a homofobia no videoclipe “Cores” em colaboração com MINOS

Publicado

em

A dupla ALLU lançou na última segunda-feira (14) o videoclipe da canção “Cores”, que conta com a colaboração do duo MINOS. A faixa é um grito de guerra contra a homofobia e está disponível nas plataformas digitais desde a última sexta-feira.

A junção do funk  de Lucas Belo e Alan Oliveira com o trap de Lauro e Jamal traz uma sonoridade dançante e alegre para mostrar que a classe LGBTQIA+ sabe se sair bem e propagar a paz mesmo diante de tanta discriminação. O videoclipe foi gravado de forma caseira por conta da pandemia do Covid-19 e conta com a participação de diversos personagens LGBTQIA+. Além disso, a produção ganhou edição da Twister Filmes e já está disponível no canal Worky Records. Assista.

Esse é o terceiro trabalho da dupla ALLU, que sentiu a necessidade de tomar uma posição mais firme dentro do mercado fonográfico como artistas LGBTQIA+ mostrando em forma de música a militância que existe no coração dos dois quando o assunto é resistir pela existência. A faixa já estreou na playlist “Lacradorxs” do Spotify ao lado de músicas de Pabllo Vittar, Glória Groove, Bárbara Labres e etc.

“Cores” é uma composição de Couti e ganhou uma lapidada de todos os intérpretes. Com produção de Lauro e mixagem e masterização de Tiago Xavier, os duos esperam entrar na casa das pessoas com esse som, confortar e abrir a mente de quem não entende a força da homofobia.

Agradecemos pela sua visita! Se gostou desta notícia, compartilhe com alguém que goste e nos ajude a chegar em mais pessoas. Acompanhe mais conteúdos exclusivos da Poltrona Vip no Twitter, Facebook e Instagram. Além disso, siga também no Google Notícias para não perder nada e se inscreva em nosso canal do Youtube.

Se você quiser falar com a gente para envio de pautas, anunciar ou comunicar algum erro em nossas matérias, mande email para [email protected] e ficaremos felizes em te atender. Agora, se quiser fazer parte da nossa equipe de colaboradores, clique aqui para se inscrever.

Trending