Connect with us

Famosos

Anitta sai em defesa do funk após crítica do produtor Rick Bonadio

Publicado

em

Credito: Egberto Nogueira/Ímãfotogaleria

Anitta foi às redes sociais nesta segunda-feira (15) para defender o funk. O produtor musical Rick Bonadio chamou de “barulho” a recepção da internet ao ver a apresentação da rapper Cardi B, que apresentou no palco do Grammy Awards na noite do último domingo, e criticou o gênero.

Cardi subiu ao palco da premiação e, dentre um medley de sucessos apresentou, a artista apresentou o hit “WAP” com um trecho de um remix feito por Pedro Sampaio. O DJ brasileiro transformou a batida da música original em um funk e a atitude da rapper de incluir o som na performance foi um dos assuntos mais comentados na internet.

“Já exportamos Bossa Nova, já exportamos Samba Rock, Jobim, Ben Jor. Até Roberto Carlos. Mas o barulho que fazem por causa de 15 segundos de funk na apresentação da Cardi B me deixa com vergonha”, escreveu o produtor em um tweet já apagado.

O produtor foi criticado por outros usuários e Anitta resolveu sair em defesa do gênero na rede social. “Tenho uma sugestão top pra você também. Escolhe um ritmo brasileiro à sua altura, faz uma música e exporta pro mundo. É facin… e rápido.. e de uma hora pra outra, claro, não dá pra começar com míseros segundos no Grammy. Quando você chegar lá a gente comemora com você”

A troca de tweets ganhou ainda mais a atenção das redes e Bonadio explicou que não queria causar polêmica e nem ofender ou desmerecer o trabalho alheio, mas que o funk precisa evoluir. “O Funk precisa evoluir. Os funkeiros precisam ousar evoluir musicalmente para crescer. Não se pode fazer o mesmo sempre porque isso dá certo. Meu post anterior não teve a intenção destrutiva”, explicou. “Não dá para aceitar que sempre a mesma batida com letras de putaria seja algo necessário ou a ‘cultura do país’. De qualquer forma, eu respeito todos do Funk por suas batalhas e vitórias. Desculpem se ofendi, nunca é minha intenção”, completou ele. 

Então, Anitta fez questão de responder: “Mesma batida? Vc deve ter parado de pesquisar desde seu último álbum de sucesso. Mesmas letras? Aceito. Porém infelizmente cada um canta uma letra compatível com o nível educacional e cultural que lhe é oferecido. Nesse caso, pelo governo brasileiro para com suas comunidades…”

Anitta continuou falando mais sobre o assunto com os fãs e comentou sobre como certos tipos de opiniões podem criar rumos desastrosos. “São de pequenas opiniões assim que as coisas crescem aos poucos e podem virar cruciais no futuro. […] Sabe o que eu faço quando tenho uma opinião negativa sobre algo que não está fazendo mal à absolutamente ninguém? Opção 1. Fico calada. Opção 2. Faço melhor.”, escreveu.

“Quando essas pessoas que tem o poder de alavancar novos talentos do funk escutam esse tipo de opinião o que acontece? Um funkeiro perde uma oportunidade de crescer e de aprender e de melhorar. Graças a Deus eu não preciso mais de absolutamente nada de pessoas que tem esse tipo de pensamento, mas sei que quem tá começando precisa. Então, não posso ficar calada.”, completa. “Se essa galera que tá começando ousar TENTAR bater de frente vão ser engolidos pela indústria. Eu sei bem porque eu já tive nessa posição, mas eu sou doida e fui assim mesmo porque pra me engolir a boca tem que ser grande e o fôlego maior.”, finaliza.

Gostou desta notícia? Acompanhe a Poltrona Vip no Twitter e Instagram para muitas outras novidades. Além disso, também estamos no Facebook. Curta nossa página para não perder nada! 

Trending