in

“Case Comigo” é uma comédia romântica despretenciosa e leve com uma trilha sonora grandiosa | Crítica

Com as superestrelas globais Jennifer Lopez e Maluma no elenco, o filme “Case Comigo” chegou aos cinemas de todo o mundo e traz uma história de amor embalada por canções originais excelentes. A aguardada comédia romântica da Universal Studios é recheada de momentos divertidos e personagens apaixonantes – incluindo o Bastian. 

A trama acompanha a superestrela musical Kat Valdez (Lopez) e Charlie Gilbert (Owen Wilson), um professor de matemática, que são dois absolutos desconhecidos que decidem casar e só depois se conhecerem melhor. Um romance improvável sobre duas pessoas diferentes à procura de algo real num mundo onde o valor é baseado em likes e seguidores. O longa é uma história de amor moderna sobre celebridades, casamento e redes sociais.

“Case Comigo” é uma comédia romântica de um ótimo gosto e, embora possua diversas canções, está longe de ser um musical. A produção é bastante despretensiosa e leve, que não tem o objetivo de provocar grandes emoções ou trazer um grau elevado de profundidade, mas sim procura encantar com personagens marcantes e uma história bastante bonita de amor e alguns sacrifícios.

De início, parece que o longa demora um pouco para engrenar e apresentar de uma vez a história, mas tudo se encaixa em alguns minutos, uma vez que só fez questão de usar o tempo necessário para criar e fundamentar os dois paralelos de vida entre os núcleos de personagens. Kat e Charlie são pessoas de universos opostos, o filme soube bem trabalhar na construção de ambos e o diertido está justamente nessas diferenças.

Os personagens são encantadores e por mais que Jennifer Lopez pareça estar interpretando ela mesma, já que Kat é uma superestrela da música latina, querida pelas multidões e multitalentosa assim como Lopez é na vida real, a cantora brilha na tela e consegue transmitir todos os sentimentos necessários em cena. E convenhamos, JLo para filmes deste gênero é exemplar, não é? “A Sogra”, “Plano B” e tantos outros estão aí para comprovar.

A sensação de estar interpretando a si mesmo acontece também com Maluma, que convence ao entregar um Bastian bonitão cafajeste, e, convenhamos, combina bastante com o estereótipo do cantor, que é um dos nomes mais comentados na música latina atual e esbanja sensualidade em todos os trabalhos. A própria cara do golpe, né?

Outro grande destaque é Parker Debbs, interpretada por Sarah Silverman, que é dona de alguns dos momentos mais cômicos da obra. Em todo filme do gênero há aquele personagem que é amigo do protagonista e, por mais que seja secundário, ainda assim se destaca. Parker é essa personagem.

Com duas estrelas da música envolvidas no longa, a trilha sonora não poderia ser menos que um verdadeiro sucesso. A soundtrack oficial do longa foi revelada antes mesmo do lançamento nos cinemas e ganhou o público, com músicas românticas e memoráveis. A obra conta com 13 faixas e inclui os sucessos “After Love”, “Segundo”, “Own My Way” e a canção que dá nome ao filme. “Marry Me”, inclusive, é o verdadeiro hit dentro do filme e a faixa responsável pelo desenvolvimento da obra. 

+ Jennifer Lopez e Maluma lançam trilha sonora do filme “Marry Me”

Com direção de Kat Coiro, “Case Comigo” é uma mistura de uma bela comédia romântica nos moldes dos clássicos que o público ama, mas bastante atual e repleto de canções superproduzidas. As cenas são bem construídas, a fotografia é belíssima, a produção faz ainda uso de alguns clichês e chega ao público um produto final que lembra muito os filmes da Sessão da Tarde, aqueles que assistimos milhares de vezes e não cansamos. 

Assista “Own My Way”:

Escrita por Otavio Pinheiro