in

CCXP17 | Confira os primeiros artistas confirmados na “Artists’ Alley” deste ano

Todos os anos a CCXP Comic Con Experience convida quadrinistas e ilustradores a se inscreverem no festival para participar da “Artists’ Alley”, maior área destinada a artistas desse segmento no hemisfério sul. Só no ano de 2016, foram 336 mesas e mais de 461 artistas ocupando o espaço e esse número só tende a crescer junto com o evento que arrasta milhares de amantes da cultura geek todos os anos.

Além de inscritos, a CCXP também convida grandes nomes do gênero para estarem na “Artists’ Alley” e já temos quatro nomes confirmados para este ano, são eles Nicola Scott, Ben Templesmith, Bernard Chang e Glenn Fabry.

O currículo de Nicola é extenso. A moça trabalhou um tempo como atriz, mas logo decidiu seguir a carreira nos quadrinhos. Seu primeiro grande trabalho foi na série “The Watch”, publicada pela Phosphorescent Comics, onde era responsável por desenhar as capas. Scott foi contratada pela Top Comics em 2003, e logo trabalhou na produção de “Star Wars: Império #26”, que foi publicada pela Dark Horse ComicsO trabalho da artista era tão bom que chamou a atenção da DC Comics e foi logo contratada em 2004. Lá, Nicola colaborou com a escritora Gail Simone em Birds of Prey (Aves de Rapina) e Secret Six (Sexteto Secreto). Em 2010, desenhou a Mulher Maravilha pela primeira vez para Blackest Night (A Noite Mais Densa) e foi anunciada como a artista oficial de Teen Titans (Novos Titãs), onde ficou até 2011, ano em que desenhou os volumes 3, 5 e 6 de Superman.

Ben Templesmith, conhecido pelo HQ de “30 Dias de Noite”, o quadrinista australiano é graduado em Design pela Curtin University e Cartoon and Graphic Art pela Australian College of Journalism, e já foi nomeado ao Eisner Awards, mais conhecido como o Oscar dos Quadrinhos, por três anos consecutivos em diferentes categorias. Além disso, criou capas de livros, manuais de jogos, pôsteres de filmes e outras artes conceituais. Ben coleciona uma lista de trabalhos super importantes, como “30 Dias de Noite”, “Fell”, escrito por Warren Ellis, e “Gotham By Midnight”, com Ray Fawkes para a DC Comics.

Chang iniciou nos quadrinhos em 1992 e já em seu primeiro ano, foi eleito pela revista The Assistant como um dos 10 melhores artistas daquele ano por seu trabalho em The Second Life of Dr. Mirage para Valiant Comics. Além de ter sido indicado ao prêmio Russ Manning como artista revelação. Após quatro anos na Valiant, ele já tinha ilustrado livros da Marvel e da DC Comics, como X-Men, New Mutants, Cable, Deadpool, Superman, Supergirl e Wonder Woman. De 1997 a 2001, Chang foi um dos designers de “Blue Sky”, projeto criado para promover as novas atrações da Walt Disney Imagineering. Atualmente, é o artista de Batman Beyond da DC Comics, que é escrito por Dan Jurgens e tem arte-final criada pelo brasileiro Marcelo Maiolo.

Mais um quadrinista que fará participação na CCXP deste ano será o desenhista britânico Glenn Fabry, conhecido por ser o capista de “Preacher”. O artista começou sua carreira em 1985, desenhando “Slaine” para a editora 2000 AD, escrito por Pat Mills. Seu trabalho seguiu em Crisis, Revolver e Deadline e, em 1991, Fabry assumiu a pintura das capas de Hellblazer, então escrito por Garth Ennis. Com Ennis, Fabry realizou na Vertigo aquele que seria seu trabalho mais conhecido, as marcantes capas de Preacher, a HQ que deu origem à série de TV de mesmo nome lançada em 2016.

Os artistas estarão presentes durante todos os dias de CCXP que acontece entre os dias 7 e 10 de dezembro deste ano. Para mais informações de como comprar os ingressos, como será o evento deste ano e para se inscrever na “Artists’ Alley”, clique aqui.

Miley Cyrus faz apresentações de “Malibu”, seu novo single

“No Promises”: Cheat Codes e Demi Lovato lançam clipe para sua parceria