Connect with us

Colunas

Cinco adaptações literárias de maior bilheteria nos cinemas

Publicado

em

Depois de serem sucesso nas livrarias, muitas obras literárias acabam ganhando adaptações para os cinemas e todos os anos novos títulos são lançados. As adaptações atraem um grande público aos cinemas para assistirem os personagens dos livros desta vez nas telonas.

Essa lista de cinco produções cinematográficas inspiradas em obras literárias de maior bilheteria não vai trazer muitas surpresas, pra ser sincera. Exceto para aqueles que vivem numa caverna sem wi-fi – ou nasceram há menos de 2 anos, talvez – com certeza conhecem esses grandes sucessos do cinema.

1. Harry Potter e as Relíquias da Morte Pt2 (2011) – US$1.341.7 bilhões

A conclusão da saga do bruxo mais famoso do mundo e que acompanhou toda uma geração levou, claro, milhões de pessoas às salas de cinema. Mais de uma década arrebanhando fãs não teria um desfecho diferente. Harry, (Daniel Radcliffe), Rony (Rupert Grint) e Hermione (Emma Watson) estão na jornada final para derrotar de uma vez por todas, Lord Voldemort (Ralph Fiennes).

Ao todo, os 8 filmes inspirados na heptalogia da autora J.K Rowling (o último livro foi dividido em duas partes) arrecadou mais de 7bilhões e 700 milhões de dólares de bilheteria e todos os seus filmes estrelam entre os 100 mais rentáveis do planeta. O que pode ter sido um dos motivos pelo qual a autora virou roteirista e enveredou em pré-sequencias da saga que terão 5 capítulos e até agora foram lançados ‘Animais Fantásticos e Onde Habitam’ e ‘Os Crimes de Grindewald’. O terceiro filme já está em pré-produção e já foi anunciado que a trama se passará em terras brasileiras!

2. A Bela e a Fera (2017) – US$1.263.5 bilhões

Talvez a versão original do conto de Madame Villenueve, publicado no século XVIII não atraísse tantos espectadores quanto essa recriação em live-action da animação do conto de fadas reescrito pela Disney em 1991. Talvez um dia descubramos a resposta, caso alguma produtora arrisque macular a linda estória de amor entre um príncipe transformado em Fera e uma donzela a frente de seu tempo, que valoriza muito mais os livros que vestidos de baile – mesmo tendo um dos mais icônicos dos contos de fadas como o conhecemos.

Estrelado por Emma Watson – que parece ter um tipo de personagem favorito – como Bela e Dan Stevens como o príncipe amaldiçoado por sua própria vaidade, o longa ganhou o público com a nostalgia trazida por sua versão quase idêntica a animação da década de 90 e com uma trila sonora que tomou conta das rádios, listas de aplicativos e casamentos do mundo todo com a versão de Ariana Grande e John Legend.

3. O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003) – US$1.119.1 bilhões

O mais longo e mais caro episódio da trilogia da adaptação ambiciosa e bem-sucedida do diretor Peter Jackson da obra homônima de J.R.R. Tolkien, ‘Senhor dos Anéis: o Retorno do Rei’ relata o fim da Guerra contra o temido Sauron, uma força de puro mal que tinha por ambição dominar a Terra Média.

Sucesso total não só nas bilheterias – a trilogia arrecadou mais de 2 bilhões e 200 milhões de dólares – o filme também venceu 11 categorias do Oscar (incluindo Melhor Filme e Melhor Direção) e tem até hoje uma das melhores recepções de crítica de filmes do gênero de adaptações. Tanto que, uma década a frente, o diretor e os estúdios retornaram a Terra Média com uma nova trilogia com hobbits, anões e elfos se aventurando, porém ‘O Hobbit: Uma Aventura Inesperada’, apesar de ótima bilheteria, não recebeu as mesmas reações positivas de público e crítica.

4. 007: Operação Skyfall (2012) – US$1.108.6 bilhões

O 23º filme de uma das maiores e mais longas – e rentáveis – do cinema foi uma surpresa até mesmo para seus idealizadores. Após mais de 3 décadas retratando as diversas aventuras do agente britânico James Bond – nesse capítulo interpretado por Daniel Craig, ‘007: Operação Skyfall’ traz as origens e a infância desse personagem tão famoso mas ainda assim um tanto misterioso.

Baseados nos contos de Ian Fleming, há muito as narrativas do agente já extrapolou as páginas onde foi criado e vai além do próprio cinema. “Skyfall” fez tremendo sucesso com sua Trilha Sonora na voz da cantora Adelle que ganhou 2 Oscar além de diversas outras premiações.

5. Alladin (2019) – US$1.050.7 bilhões

Quem não cresceu ouvindo as histórias da Mil e Uma Noites e sonhando com tapetes voadores, lâmpadas mágicas e gênios capazes de realizar todos os nossos desejos? Se formos tirar pela versão live-action da Disney de ‘Alladin’, o fascínio pelas narrativas traduzidas do árabe pelo francês Antoine Galland não passaram com a vida adulta. O musical reconta como um menino de rua se finge de príncipe para conquistar o coração da herdeira do trono Jasmine, com a ajuda de um gênio azul que nesta versão é interpretada por Will Smith.

Com uma recepção morna da crítica, o longa conquistou o público com suas músicas animadas e cores vibrantes ao estilo indiano – não por acaso, uma das produtoras é uma das maiores de Bollywood, que trouxe toda a magia do cinema oriental para abrilhantar ainda mais essa versão. Inclusive, se você gostou do filmes, a Disney já deu a entender que produções similares podem estrear em sua plataforma streaming num futuro que só um gênio pode adivinhar.

Trending