Connect with us

Séries

“Desjuntados”: série com Letícia Lima e Gabriel Godoy estreia no Amazon Prime Video

Publicado

em

O Amazon Prime Video estreou nesta sexta-feira (01) a nova série de comédia original “Desjuntados”. Com Letícia Lima e Gabriel Godoy nos papéis principais, a produção de sete episódios traz ainda Rômulo Arantes Neto, Yuri Marçal e Danni Suzuki no elenco. 

Na trama, Camila (Letícia), 33 anos, vendedora de uma loja de marketing multinível, e Caco (Gabriel), 35 anos, um engenheiro químico desempregado, formam um casal suburbano que mora em um belo apartamento na Barra da Tijuca. O problema é que, depois da crise dos sete anos, eles não se suportam mais. Só que nenhum deles tem dinheiro para se manter ali sozinho. Decididos pela separação, mas mergulhados em dívidas, os dois precisam dividir o mesmo teto como dois “desjuntados”. A única alternativa será unir forças para quitar as pendências, aprender a conviver sob o mesmo teto e enfrentar o mundo da solteirice com o ex na cola. Agora só falta descobrirem se, com tudo isso, o amor entre eles realmente acabou.

Com direção de Anne Pinheiro Guimarães e Olívia Guimarães, “Desjuntados” tem roteiro assinado por Dani Valente e Mina Nercessian. “A ideia surgiu a partir do momento em que vi vários amigos chegando com esse mesmo problema, de terem se separado e precisarem morar juntos ainda por questões financeiras. Pesquisamos e, então, descobrimos que essa situação era muito mais comum do que imaginávamos. É uma história que merece ser contada e tenho certeza que muita gente irá se identificar”, explicou Dani Valente, em coletiva de imprensa virtual. “A gente queria explorar essa ideia de uma relação entre ex. Meu tio morou por anos com minha tia separados e após 20 anos voltaram”, conta Mina.

Além de retratar a história dos casais que vivem juntos mesmo separados, a série ainda trabalha em abordar outros assuntos, como a “era da ostentação”. Grande parte das cenas da obra são ambientadas no Ocean Waves, um condomínio de luxo localizado na Barra da Tijuca.

As criadoras da série explicaram que a Barra da Tijuca também atua como um personagem na série, já que é como o “sonho americano” dos cariocas. A escolha do nome também faz parte dessa ideia de americanização do núcleo de personagens, que trazem bordões e outros elementos em inglês.

“A gente vive na era da imagem. Além de tudo que a série aborda, a gente quis mostrar também, lá no fundo, como uma última camada, essa coisa de viver de aparências. É o que a gente vive no Instagram, a ‘era da ostentação’. E na história a gente percebe que isso não deixa essas pessoas mais felizes. A gente quis tocar nesse ponto do apego às coisas materiais de uma maneira mais profunda, sem jogar na cara, sem deixar direto nas falas dos personagens. Deixamos no ar o questionamento se precisamos disso para nos sentirmos realizados”, disse Dani.

Letícia Lima comentou durante conversa com a imprensa que uma das dificuldades da produção foi o processo de ensaio e preparação de elenco, que foram feitos de forma remota, mas revela que a percepção estética ajudou a entrar na personagem.

“Para o ator isso é muito difícil, especialmente na hora de criar uma conexão. A paleta de cores da personagem, que gosta muito de rosa, me ajudou muito. Isso fez eu me sentir um pouco mais na personagem, ela veio a partir dessa percepção estética”, disse a atriz. “O desafio de fazer tudo remotamente foi muito grande para nós, ainda mais estando em outro país (a série foi filmada no Uruguai). Tivemos uma grande preocupação de mostrar, ainda que por meio de flashbacks curtos, que aquele casal já se amou em algum momento da vida. Que eles tinham uma cumplicidade grande antes de começar a viver em pé de guerra”, completou Godoy.

“Desjuntados” já está disponível em mais de 240 países e territórios e sobre a estreia global da produção, Valente pontua que acredita na identificação verdadeira de todas as pessoas. “Quanto mais o roteiro é local e específico, mais ele atinge globalmente, porque aí gera uma identificação verdadeira e uma conexão emocional com as pessoas de todas as culturas. A preocupação de produzir local pensando no global nós não temos”, disse a roteirista.

Já sobre o processo de desenvolvimento do projeto, Malu Miranda comentou que é bastante rico e divertido. “Nós sempre buscamos fazer algo mais longo, com várias fases, incluindo workshops com nomes internacionais e, dependendo do que precisamos no momento, contamos com consultorias específicas”, comentou a head de conteúdo original brasileiro para o Amazon Studios, que completou falando o trabalho na série foi feito em muitas etapas e camadas. “O processo de ‘Desjuntados’ foi muito gostoso. Foi divertido termos quatro mulheres – eu, Dani, Anne e Mina – nesse lugar criativo. Trabalhamos juntas em muitas etapas e camadas, com a ideia inicial que veio da Dani e da Mina e, depois, essa segunda camada da Anne, que entrou com a estética e as músicas, por exemplo”, finalizou.

Malu contou aos jornalistas sobre as próximas estreias do Prime Video no Brasil, como a série “Sentença”, com Camila Morgado, e “Love”, idealizada por Felipe Braga. “Chegamos a uma cadência e fluxo de estreias muito bom e não iremos parar por aqui. Estamos animados com o que está vindo”, declarou. 

O elenco de “Desjuntados” conta ainda com Marcelo Laham, Letícia Isnard e Solange Teixeira, além de participações especiais de Eduardo Moscovis, Totia Meirelles e Elisa Lucinda. A produção original da plataforma tem produção executiva de Fabio Golombek, da FJ Productions, para o Amazon Studios.

E aí, gostou desta notícia? Acompanhe outros conteúdos exclusivos no TwitterFacebook e Instagram! Além disso, siga também no Google Notícias para não perder nada!  

Para informar qualquer erro ou falar com a gente por outro motivo, mande email para [email protected]. Agora, se quiser fazer parte da nossa equipe de colaboradores, clique aqui.

Trending