Connect with us

Crítica de Filmes

“Diários de Intercâmbio”, novo filme de Larissa Manoela, traz uma trama simples e divertida | Crítica

Publicado

em

Depois de protagonizar “Meus 15 anos”, “Fala sério, Mãe!” e “Modo Avião”, Larissa Manoela dá rosto a mais uma comédia romântica nacional. Apesar de estar caminhando para ser a grande estrela do gênero entre os jovens, em “Diários de Intercambio” lançado em 18 de agosto, pela Netflix, não é a protagonista que domina a atenção do público dessa vez.

Barbara (Larissa Manoela) é uma jovem de 23 anos que trabalha vendendo revistas num aeroporto do Rio de Janeiro e que sonha em viajar para conhecer o mundo. Ao ouvir falar sobre intercâmbio de au pairs, ela descobre na profissão uma maneira de transformar seu sonho em realidade. A vendedora convida sua melhor amiga Taila (Thati Lopes) para participar do programa e juntas embarcam para os Estados Unidos a fim de se aventurarem, mas lá acabam se envolvendo em grandes confusões.

A trama acompanha as duas amigas se mudando para Nova Iorque onde vão passar dois anos estudando e trabalhando para famílias distintas. Ao chegarem lá são surpreendidas por um ambiente e pessoas que não são do jeito que imaginavam e, portanto, encaram o primeiro desafio de se adaptarem. É nessa que o filme abre brecha para o processo de evolução das personagens, onde elas terão que superar a barreira da língua e das diferenças de identidade para ficarem bem.

Das duas, Barbara é a mais focada. A jovem chega ao país com objetivos claros e por isso logo se prontifica para alcança-los. Larissa Manoela está muito bem, porém o roteiro, assinado por Bruno Garotti e Sylvio Gonçalves, lhe oferece uma história que não atrai o suficiente, ela gira em torno de dramas muito amenos, até para um clichê, principalmente ao se tratar do seu romance com Lucas (Bruno Montaleone), um brasileiro morador de Nova Iorque que ela conhece durante a viagem. Isso tem a ver com o caminhar dos acontecimentos entre o casal que é construído por sequências pouco empolgantes.

E é nesse contexto que a atriz Thati Lopes se sobressai. O longa se tornou um registro da sua autenticidade e do seu dom genuíno para o humor. Sua personagem Taila é de longe a mais engraçada e cativante. Militante contra a exploração americana, ela parte para a América do Norte com muito menos expectativas e pouco interessada nas peculiaridades do lugar. A melhor amiga de Barbara fica hospedada na casa de um casal muito esquisito que faz dela uma sósia da filha que perdeu há alguns anos, mas a jovem possui uma maneira alto-astral e hilária de lidar com as bizarrices a qual se depara e é assim que ela rouba toda a cena. De forma bastante descontraída o roteiro fornece muito mais novidades para a coadjuvante do que para qualquer outro personagem. Engraçadíssima, além de fazer rir, Taila instiga quem assiste a querer saber mais sobre seu futuro, deixando a trama da protagonista em segundo plano.

O maior deslize do diretor Bruno Garotti foi na hora de construir e bagunçar os laços entre os personagens. O conflito que se estabelece entre as amigas como ponto de virada, por exemplo, é pouco criativo e explorado, levando em consideração a relação que possuem. Já o romance entre Barbara e Lucas se estabelece tão rapidamente que não permite que o espectador entenda e absorva o relacionamento, deixando uma atmosfera de estranheza ao invés de apego ao casal.  Outro fato considerável é que o diretor se esqueceu completamente de explorar o cenário incrível que tem. Este é um detalhe importante, já que o filme fala sobre a realização do sonho da protagonista de viajar e conhecer novos lugares. Assim, o filme perdeu a oportunidade de cativar ainda mais o público que também se identifica com essas aspirações.

Mesmo com altos e baixos, “Diários de intercambio” consegue sustentar uma atmosfera aventureira e ainda se arrisca num plot twist bem intrigante. O filme é visualmente bem produzido e atraente, além de render boas risadas.

E aí, gostou desta notícia? Acompanhe outros conteúdos exclusivos no Twitter e Instagram! Além disso, a Poltrona Vip também está no Facebook. Curta nossa página para não perder nada!  

Para informar qualquer erro ou falar com a gente por outro motivo, mande email para [email protected]. Agora, se quiser fazer parte da nossa equipe de colaboradores, clique aqui.

Trending