Connect with us

Televisão

Diretoria da Globo analisa positivamente primeira semana de retomada das gravações de novelas

Publicado

em

Bastidores Amor de Mae Rede Globo
Bastidores das gravações de "Amor de Mãe" antes da paralisação (Foto: Globo/Victor Pollak)

Após cinco meses de pausa e novos protocolos de segurança, as gravações de “Salve-se Quem Puder” e “Amor de Mãe” voltaram na última segunda-feira (10). Mesmo num ritmo bem menos acelerado e o encurtamento necessário das novelas, a análise da diretoria da Globo dessa primeira semana é positiva, com todas as cenas previstas gravadas conforme o planejamento.

Taís Araújo, Murilo Benício e outros atores foram dispensados de “Amor de Mãe”
Autora Manuela Dias está inconsolável com rumo de “Amor de Mãe”; diz jornal

A exibição dos episódios inéditos só irá ocorrer em 2021, mas a previsão é de que as gravações sejam finalizadas até novembro. Essa demora nas filmagens é explicada por conta do protocolo determinado pelo Desenvolvimento e Acompanhamento Artístico da Globo. Se antes era possível a gravação de 25 cenas em um dia, atualmente apenas 10 são realizadas.

“Desenvolvemos uma espécie de escudo de acrílico para as câmeras que protege o câmera e o elenco. Essa invenção está sendo nossa grande aliada nessa retomada. Decidimos começar essa semana mais devagar, para a equipe se acostumar e para a gente ter um entendimento de como as coisas vão se dar de agora em diante. Tudo ocorreu muito bem e todos estão bastante animados e estimulados com esse retorno”, diz o diretor artístico de “Amor de Mãe”José Luiz Villamarim.

Por conta do protocolo, que contem 18 páginas, todo o elenco foi testado para Coronavírus antes das gravações, com novo exame feito semanalmente; apenas um grupo de atores grava por semana, evitando aglomerações e melhorando o controle; camarins que antes eram compartilhados agora são individuais.

Ainda nas determinações, externas e cenas noturnas estão suspensas, bem como filmagens de refeições; a maquiagem e o cabelo dos atores ficam por conta dos mesmos, que também são responsáveis por levar suas próprias refeições; nos bastidores, toda a equipe vestirá um macacão e proteção nos calçados, devendo ficar a uma distância mínima de 2 metros um do outro.

Com tantas limitações, os autores estão precisando abusar da criatividade para poder lidar com essa situação. Os dias e as noites nas tramas, por exemplo, serão mais longos para evitar que os atores fiquem trocando de roupa e figurantes serão adicionados às cenas digitalmente quando for necessário.

Em relação às cenas de afeto e beijo, a emissora não bateu o martelo para que não ocorram. “A orientação é não haver contato físico. Se realmente for indispensável para a cena, um comitê avaliará, tendo em conta a segurança”, afirma Ricardo Waddington, diretor de produção dos Estúdios Globo.

A tecnologia também pode dar um empurrão para resolver esses impasses, sendo uma saída que está sendo utilizada em outros países para apertos de mão, abraços e até beijos. Cogita-se também até mesmo isolar os atores em um hotel enquanto dura as gravações dos capítulos finais.

“O retorno ao estúdio será desafiador para todo mundo. A orientação é que a gente só saia para ir gravar e volte para casa”, conta Guilhermina Guinle, a Dominique de “Salve-se Quem Puder”.

“Desde o dia 14 de março sem gravar, confesso que eu estava com medo de ter perdido tudo. O sotaque, o jeitinho… Mas foi só eu me vestir aí no camarim que a danada voltou com força total“, compartilhou Regina Casé nas redes sociais sobre sua personagem, Lurdes, em “Amor de Mãe”.

Trending