in

Em show, Valesca Popozuda beija fã do mesmo sexo

A cantora se apresentou no último domingo (16), no quarteirão fechado da Savassi e beijou uma fã que assistia o show.

A rainha do funk, como é intitulada Valesca Popozuda, causou ao ser uma das atrações de um show em Belo Horizonte no último dia 17. Conhecida por defender a causa LGBTQ+ não importa aonde, a cantora, enrolada numa bandeira que representa o público, beijou uma fã – e com vontade – no meio do show. Veja:

https://www.youtube.com/watch?v=Oay6Vx723Ss

A troca de carinho entre a fã e Valesca deu o que falar. Além da repercussão positiva por parte de seu público, a cantora em seu Instagram Stories contou: “Olha, beijei tanto na boca que até machuquei aqui”, disse ela.

A internet, por sua vez, foi à loucura com o feito de Valesca Popozuda. A cantora que vive nas redes sociais interagindo com os fãs, foi muito mencionada, elogiada e desejada no Twitter. Veja:

Valesca, que está no elenco do “Super Chef Celebridades 2019” do “Mais Você” de Ana Maria Braga na Rede Globo, aproveitou para agradecer o público LGBTQ+ e todos presentes no evento, além da organização. “Meu Deus, que show foi esse BH? Queria muito ficar, foi emocionante. Queria ir embora só amanhã, mas não posso” – disse a funkeira.

A ex-integrante do extinto Gaiola das Popozudas voltou ao ritmo proibidão com o álbum “De Volta pra Gaiola”. Recentemente, inclusive, a cantora se envolveu numa polêmica quando se empolgou, durante uma apresentação em um baile de carnaval, num clube em Caldas Novas em Goiás.

No vídeo feito por fãs e que circulou bastante nas redes sociais, Valesca Popozuda aparece falando palavrão no palco e mostrando as partes íntimas para o público. A atitude de Valesca foi desaprovada por muitos internautas.

“De Volta pra Gaiola”

A dona do hit “Beijinho no Ombro” voltou às origens quando anunciou o novo EP “De Volta pra Gaiola” como sua aposta para o carnaval de 2019. O álbum digital voltado ao “funk proibidão” traz a ideia de voltar para o conteúdo responsável por consagrá-la nos bailes cariocas e torná-la conhecida, ainda no grupo Gaiola das Popozudas, antes de estourar no Brasil inteiro em carreira solo.

O EP conta com 4 faixas exclusivas, incluindo “Festa na Baru”, que ganhou um clipe lançado no início de maio. As músicas abordam a forma explícita da cantora pensar, sem medir as palavras e apostam no funk 150 BPM, que tem dominado os bailes. DJs de comunidades foram convidados para produzir o projeto.

Com recado importante, Pabllo Vittar, Emicida e Majur apresentam “Permita Que Eu Fale”

P!nk lança vídeo da música “90 Days” com participação do Marido