in

Empoderamento feminino tem destaque com MC Rebecca no For the Cultura Brasil do TIDAL

Foto: Divulgação.

O TIDAL disponibilizou nesta segunda (04) mai um episódio do For the Cultura Brasil, produção original plataforma de streaming de música e entretenimento que convida os artistas a falarem sobre carreira, cultura, lançamentos e vida pessoal. A entrevistada da vez é a cantora MC Rebecca, funkeira carioca que exalta o empoderamento feminino com suas letras “proibidonas”.

Nascida no Morro do São João, no Rio de Janeiro, começou sua carreira como passista nas quadras do Salgueiro. Lá a artista conheceu Ludmilla, compositora do hit “Cai de Boca“. “A Ludmilla me ajudou muito. Não só por ter me dado a música, mas por ter compartilhado as experiências que viveu – ela foi uma fada madrinha na minha vida”, diz MC Rebecca.

A música estourou no Rio de Janeiro e logo se espalhou por outras cidades do país. Desde então, a temática sexualidade e empoderamento feminino viraram temas recorrentes de suas composições. “Tem muitas mulheres que cantam proibidão hoje, admiro muito essas mulheres que estão junto comigo. O preconceito no funk é constante, mas acredito que a gente está quebrando barreiras”.

Além disso, a funkeira também é mãe de uma menina de dois anos, a Morena. É um desafio conciliar vida artística, com agenda de shows e de viagens atribuladas, com o trabalho fulltime de ser mãe. MC Rebecca, no entanto, parece lidar bem com isso, provando, mais uma vez, a força da mulher. “Ser artista é muito cansativo, você tem que estar antenada em tudo”, diz Rebecca. “Sinto muita falta da minha filha, mas quando a encontro, é tudo maravilhoso. Aprendo cada dia mais com ela. Ela mudou minha vida completamente”.

Di Ferrero grava projeto acústico no Morro da Urca

Dulce María é a primeira Ex-RBD a posar para a Vogue