Connect with us

Entrevistas

ENTREVISTA | Bruna Strait: Carioca entre as 20 DJs mais influentes da America Latina

Publicado

em

BRUNA STRAIT DJ POLTRONA VIP ENTREVISTA

Revelação da noite carioca, a DJ Bruna Strait é um dos nomes mais importantes da cena LGBTQ+ do Rio de Janeiro e residente em grandes festas como Treta Festa e Candybloco. Com apenas 21 anos, Strait já tocou em alguns estados brasileiros, na televisão e está se destacando cada vez mais pelo seu talento, carisma e figurinos super bem produzidos.

Strait, que tinha o grande sonho de ser cantora quando pequena, já foi dançarina e fotógrafa, mas descobriu o amor pelo que faz hoje após um convite de um produtor. “Um produtor chegou em mim e perguntou “Ah, porque você não vira dj? Você super tem cara, faz o perfil”. E aí apareceu uma oportunidade de tocar numa festa, que era até da Katy Perry, que eu sou muito fã, e foi acontecendo. Eu adorei e aí eu comecei a investir.”, conta. Após sua estreia e de ter amado a experiência de sentir e transmitir uma energia boa para as pessoas, a dj continua contando que fez vários cursos para se profissionalizar ainda mais. “Eu pretendo não parar, nunca, quero tocar pra sempre.”, completa.

A artista estará durante o Carnaval na Sapucaí tocando como residente nos camarotes do CandyBox e Folia Tropical e conta que o convite para fazer parte de algo tão grande foi uma surpresa, mas que se sente muito realizada. “Um dos organizadores desse camarote me viu tocando no Candybloco e como o Candybloco é essa banda que o Folia Tropical tava investindo, porque o Candybloco faz parte do Folia Tropical e é voltado para o público LGBTQI, eles me adoraram e perguntaram “Ah, se você quiser você também pode tocar no Folia Tropical como residente aí seria todos os dias não só no Candybloco.”, conta. Segundo Bruna, o convite para ser residente veio após ela tocar no Museu de Arte Moderna do Rio, o MAM, para mais de 20 mil pessoas.

“Eu tento seguir uma linha mais inspirada nas divas pop mesmo. Se você ver, as minhas roupas não são muito diferentes das da Anitta, dessas cantoras assim. Eu não sou formada em moda nem nada, eu só tento ser diferente e ter a minha identidade. Eu tô sempre tentando estar com roupas que tenham algum brilho, porque a noite acaba sendo escura, né. Então, se eu vou toda de preto eu nem vou aparecer.”, comenta a dj sobre os looks que usa e conta que sempre toca nos eventos com figurinos que sejam bem marcantes, mas que também tenham a ver com o que a festa propõe.

Além de tocar na noite, Bruna também trabalha como DJ de uma das grandes apostas da música pop brasileira, a cantora Daya Luz, dona de hits como “Te Dominar”, “Virar O Game”, “Descontrolar” e “Vai Pirar”, em parceria com Buchecha“A Daya é uma pessoa maravilhosa, nossa energia é bem parecida, ela é muito performática. Acho que ela é uma artista única no Brasil e acho que ela ainda vai estourar muito. Para conciliar tem sido tranquilo.”, conta.

“É ótimo porque é uma troca tanto pra ela, que tem uma dj diferente porque as pessoas ficam “Caraca, que legal!” ainda mais por ser mulher, e também legal pra mim porque vou em programas de tv com ela, a gente também tem brincadeiras no show, que ela me chama pra ir no meio do palco e a gente dança. É uma coisa bem interativa, então é ótimo. Eu adoro tocar com a Daya!”, completa.

Atualmente, Bruna Strait está na lista das DJs mulheres mais importantes da América Latina pela revista americana DJANE MAG, onde almeja se destacar ainda mais e conquistar o Top 10. Segundo a DJ, o resultado foi uma surpresa, mas é só consequência do trabalho que vem fazendo. Para futuro, Bruna conta que investirá ainda mais na carreira de produtora musical, além na de DJ, pretende lançar músicas autorais e afirma que um grande sonho é contribuir com duas artistas de quem é fã. “Ah, Katy Perry, óbvio! E eu sei que eu vou um dia. Katy Perry e Beyoncé, uma das duas. Imagina as duas juntas, gente! Ia pirar, eu as duas.”, responde Strait.

Apesar da pouca idade, Bruna Strait é a prova de que os sonhos são alcançados com muito trabalho duro e dedicação. Por vezes, a agenda da DJ é tão extensa que conta com viagens e mais de uma festa por noite. Podemos dizer sem sombra de dúvidas que ainda ouviremos falar muito desse nome e quem sabe daqui a alguns anos em algum single da Katy Perry, não é? 😀

Trending