Connect with us

Entrevistas

Entrevista | Bruno Martini fala sobre trajetória da carreira até o lançamento do disco “Original”

Publicado

em

Dono de diversos hits e uma carreira de sucesso, Bruno Martini lançou no último mês o tão aguardado álbum “Original”, o primeiro da carreira. Recheado de participações especiais, o projeto está disponível em todas as plataformas digitais e marcou uma nova etapa na carreira de Martini.

Filho de Gino Martini, integrante da banda Double You, Martini sempre esteve imerso em música e começou a trilhar a própria carreira bem cedo. Antes mesmo dominar os charts e se apresentar em alguns dos maiores festivais do mundo, Bruno Martini já era grande conhecido do público por conta da banda “College 11” e da trajetória pela Disney, que foi uma grande escola. “Eu tenho um carinho muito bacana para essa fase que tive lá dentro e eu acho que me ajudou a construir quem eu sou até chegar nesse momento de hoje”, disse o artista.

Ainda na Disney, Martini trabalhou em alguns projetos e construiu uma relação muito forte com todos da companhia. O produtor conta que começou a produzir algumas coisas paralelamente, mas a vontade era lançar algo próprio e, por isso, decidiu sair. “Chegou uma época na minha vida, uns 24 anos, que eu peguei e falei ‘Cara, pô, eu quero poder lançar minhas coisas quero poder mostrar mais sobre mim para as pessoas’ […] ‘Tá na hora de eu vou bater minhas asas sozinho ir para o mundão’. E aí super entenderam até tiveram uma reação que eu fiquei super contente e falaram ‘Bruno, você tem razão. A gente sabe disso, para você vai ser até melhor, a gente está sempre de portas abertas para você sempre'”, conta.

Martini saiu da Disney e depois de ficar uns dois anos parado, mas ainda fazendo música, o artista se juntou com Zeeba e Alok no single “Hear Me Now”, que dominou as paradas musicais. A partir daí, Bruno começou a viajar o mundo tocando em diversos países e sendo atrações de festivais renomados, como o Tomorrowland.

Meses antes de lançar o disco, Martini dominou os charts com um remix de “911”, single de Lady Gaga. O artista foi escolhido a dedo pela dona do “Chromatica” para produzir um dos remixes da faixa e revela que achou que era alguma brincadeira ou fake news o convite. “Fiz a versão, mandei e como já era uma música que tinha muito da música eletrônica não foi uma música difícil de remixar, mais difícil realmente foi a pressão de tipo você tá fazendo algo para Lady Gaga, né. E aí mandei sem muita esperança, ela pegou e mandou um e-mail ‘Pô, a gente adorou vamos lançar'”, diz sobre a experiência de produzir o remix.

Com mais de 5 milhões de ouvintes mensais só no Spotify e depois de grandes feitos na carreira, Martini lançou o tão aguardado disco “Original”, que conta com 17 faixas e diversas colaborações especiais. O artista conta que tudo foi feito num processo bem natural e com pessoas que realmente acreditaram no projeto. Bruno passou um tempo trabalhando com o produtor Timbaland e quando voltou ao Brasil viu que tinha o que precisava pra montar o projeto.

“Quando voltei para o Brasil com essas músicas eu falei ‘Cara, eu acho que agora eu consigo contar a minha história’ e a partir disso eu comecei arquitetar as coisas. Com “Bend The Knee” a primeira pessoa que veio à cabeça foi a IZA. […] Ela veio para o meu estúdio gravar a música junto com o marido dela, o Serginho, que é um puta cara legal, e aí terminamos de gravar, ficamos conversando lá no estúdio resenhando mesmo, mostrando música aí mostrei “Original” e ela falou ‘Cara, eu amei ‘Bend The Knee’, mas deixa eu cantar essa música por favor Bru!'”, contou.

O projeto chegou acompanhado do videoclipe de “Ain’t Worried”, que traz a participação de Luísa Sonza e Diarra Sylla, ex-integrante do Now United. Inclusive, Sonza também se interessou deu voz a mais uma música do projeto, a “Twilight”.

Além dos videoclipes já lançados, Martini conta que possui outros gravados, mas relata a dificuldade de produzir os audiovisuais por conta da pandemia e do deslocamento dos artistas parceiros. “A gente fez o clipe de “Bend The Knee”. A dificuldade de conseguir fazer, o preço sobe 10 vezes mais por conta de toda segurança que a gente tem que ter, toda equipe tem que ser testada, roupa para equipe inteira, a gente tem que ter o limite de pessoas lá dentro, o Timbaland mora em Miami e como é que faz acontecer. Então, é tudo um processo que é muito longo, muito extenso, muito difícil de se realizar, mas a gente conseguiu realizar a mesma coisa com a Luísa e com a Diarra.”, conta Bruno.

Confiante e com vontade de trabalhar ainda mais o projeto, Bruno completa dizendo que quer fazer música para várias canções do projeto. “‘Original’ é música que merece videoclipe, é uma música que é uma das minhas favoritas. A gente tem que fazer um videoclipe para essa música. ‘Twilight’, com a Luísa, é uma música a gente tem que fazer, eu amo aquela música. A ‘Stay’, com a Carol Biazin, também.”, revela o artista, que diz que está no processo para viabilizar outras produções.

Ouça no podcast abaixo a entrevista completa com Bruno Martini:

Trending