in ,

Entrevista | Sucesso nas plataformas digitais, Samantha Machado conta mais sobre novo álbum

Uma das grandes apostas para 2020, a cantora Samantha Machado, lançou em todas as plataformas digitais em fevereiro o single “Pirata”. A faixa, que também ganhou videoclipe, e abre o primeiro álbum de estúdio da artista, o “MVLTIFVCETVDV EM LVPIDVCVO CONSTVNTE” (a.k.a. Multifacetada em Lapidação Constante).

“Me lembro que, na época do Orkut, havia um campo “quem sou eu”, e sempre me causava um certo desconforto ter que resumir tudo que sou numa frase. Depois de muito refletir, cheguei à essa frase, “Multifacetada em Lapidação Constante”, e para trazer um ar “vintage”, decidi incluir a consoante V no lugar das vogais, algo que nos remete ao passados e “coisas velhas”, pois trago esse conceito comigo desde que me entendo por gente.”, conta.

Inicialmente, o “MVLTIFVCETVDV EM LVPIDVCVO CONSTVNTE” seria divulgado em volumes, um total de três com cinco faixas cada. Porém, ao lançar o primeiro volume, Samantha viu que o projeto merecia algo maior e mais conceitual. Agora, o álbum tem data prevista abril e contará com 14 faixas.

“Está sendo incrível e realmente fazendo jus ao título! Passamos por diversos processos, no início tínhamos a ideia de dividi-lo em três volumes, mas em decorrência da alta aceitação do público com as primeiras faixas, percebemos que o álbum merecia um projeto mais conceitual, e estamos preparando 14 faixas para lançar em meados de abril desse ano. A expectativa tá grande por aqui!”, conta a artista sobre o processo de produção.

Com um estilo musical bastante versátil, Samantha busca não rotular o próprio gênero, que mescla batidas eletrônicas com letras autorais. Nas plataformas digitais a artista possui singles que chegam a 30 milhões de execuções, como “Nave Espacial”, e “Peter Pan”, que coleciona quase 14 milhões.

“Meu processo de composição varia entre letras que já vem prontas (como no caso de Peter Pan e Nunca Vai Mudar), e temas específicos que me tomam mais tempo mais pra escrever (como Portal do Universo). É algo bem natural. E sempre envolto das vivências reais que tenho.”

Influenciada por artistas como Vanessa da Mata, Elis Regina, Renata Rosa, Billie Elish, NaBrisa, Paula Toller, Samantha conta que nas composições procura dividir com o público aquilo que está vivendo e aprendendo de uma maneira positiva. “Procuro dividir com o público um pouco do que aprendo vivendo e extraindo das adversidades sempre o melhor que posso, sendo leal às verdades do meu coração.”, explica.

Toda essa verdade está explícita na faixa “Aprisionada”, que foi lançada em 2015 e introduziu a artista ao cenário musical. A letra da canção possui uma mensagem emocionante sobre relacionamentos abusivos, mas ao mesmo tempo empoderadora e que conquistou o público. “Reze para o salvador encontrar seu rastro voltar pro mundo lá fora. Pulsos tensos ficam sob o olhar do carrasco, que prende e leva a alma”, canta Samantha.

Para este ano, a artista conta que além das 14 faixas do “MVLTIFVCETVDV EM LVPIDVCVO CONSTVNTE”, serão lançados também remixes exclusivos e singles com participações especiais. “Estamos com muitas novidades! Além do álbum com 14 faixas, teremos dois remixes exclusivos de duas faixas do álbum na versão eletrônica, além de Singles com participações mais que especiais, videoclipes, acústicos e entrevistas sobre o que está por trás das minhas letras. Vai ser um ano muito promissor e estamos ansiosos demais pra mostrar!“, finaliza.

Enquanto o projeto completo não chega às plataformas, confira o EP do álbum:

Alan Menken revela que live-action de “A Pequena Sereia” terá quatro músicas inéditas

Woody Allen lança livro autobiográfico “A propósito de nada”