Connect with us

Entrevistas

Entrevista | Vinci Corsi lança “Elementum” e conta mais sobre álbum de estreia

Publicado

em

VINCI CORCI ELEMENTUM

O cantor e compositor Vinci Corsi lançou em julho o álbum “Elementum”, que marcou a estreia do cantor. Com nove músicas, o projeto está disponível em todas as plataformas digitais e as canções retratam momentos ou experiência que o artista já vivenciou.

Amante de blues, R&B e soul e influenciado por artistas diversos, como Nina Simone, Ariana Grande, Yebba, Tate Mcrae e muitos outros, o artista deixa o sentimento falar no momento em que está compondo de maneira que as músicas se tornam de identificação pública. “Algumas letras retratam até literalmente algumas frases e questionamentos que já fiz a mim mesmo mentalmente.”. confira.

Questionado sobre a mensagem que procura levar ao público, Vinci conta que bussca acrescentar em algo na vida das pessoas, quer sentir que fez a diferença.”As minhas músicas refletem muito à introspecção, ao autoentendimento, aceitação e empoderamento, então se alguém conseguir se identificar ou se assemelhar e colocar isso em prática na própria vida já estarei muito feliz.”, conta.

Vinci fala que o processo criativo do álbum foi bem intimista e todas as músicas foram selecionadas dentre quase cem composições, o que tornou tudo ainda mais difícil. Segundo o artista, algumas músicas foram escritas há algum tempo e tiveram que ser revisitadas no processo de produção.

“’Você’, por exemplo, foi escrita em 2017, quase três anos atrás. Eu tinha lançado uma demo dela em 2018, que tinha fracassado completamente. Em 2020, quando decidi tentar mais uma vez remixando foi uma jornada exaustiva mentalmente, porque você tem que se reconectar com aquele momento, com aquela sensação, e a música basicamente retrata uma época que eu não me sentia amado por ninguém, ou melhor, rejeitado por todos. Então, reinterpretá-la foi bem exaustivo. ‘Eu Te Amo’ retrata uma velha amizade onde eu literalmente fiz tudo por uma pessoa, e quando precisei ela não estava ali por mim; ‘Este Ar É Meu’, o bullying que sofri na época de escola e a perseguição por parte de alguns alunos. Enfim, foram todas selecionadas a dedo para o projeto.”, explica.

Para os próximos meses o artista prepara o lançamento do videoclipe da canção “Sozinho Ainda Mais”, que retrata a solidão de uma maneira diferente. Este será o primeiro clipe da carreira de Vinci e o artista promete uma produção cinematográfica diferente de tudo já feito no gênero.

“Estou me organizando para lançar meu primeiro videoclipe. Para o nicho de músicas sad, onde os fãs já estão acostumados e saturados com lyrics, tipografias e desenhos, será algo inovador. Nunca antes visto. Será editado totalmente no fundo do mar, terá um roteiro e lindas filmagens!”, finaliza.

Trending