Connect with us

Música

Faixa a faixa | Diogo Melim comenta sobre canções do “Eu Feat. Você”

Publicado

em

DIOGO MELIM FAIXA A FAIXA EU FEAT VOCÊ

A Melim lançou na última sexta (15) o “Eu Feat. Você”, primeira parte do segundo disco de estúdio da banda. Com oito faixas, o projeto conta com referências mais pop e foi gravado em Los Angeles no conceituado estúdio da Capitol Records. O projeto está disponível nas plataformas digitais e ganhou videoclipes para todas as faixas.

Conversamos com Diogo e, além de contar mais sobre a composição e produção do projeto, o cantor fez um faixa a faixa explicando um pouco de cada uma das canções e parcerias.

1. Eu Feat. Você

Favorita de Diogo, “Eu Feat. Você” abre o projeto e é descrita pelo cantor como a canção mais pop que a Melim já produziu até hoje. Além do uso do violão, que já é marca registrada do trio, a música também traz uma pegada mais festiva em comparação com as canções que a seguem no projeto.

“Eu sou completamente apaixonado por pop e eu lembro de uma passagem que eu falei pro Rod e pra Gabi quando a melodia já estava pronta que eu falei “Cara, eu acho que se a gente acertar a letra dessa música, ela vai ficar sinistra por que essa melodia ela me fala muito”. Às vezes quando você coloca a lera numa música ela se transforma numa outra coisa que não contempla o que você quis expressar. É um desafio pro compositor, sabe? Eu acho que a gente foi muito feliz na letra dessa música, ela conseguiu se conectar com a melodia de uma forma muito natural que quem ouve pensa que foi feita até junto.”, conta.

2. Relax feat. Rael

Depois da vibe animada da canção anterior, Melim recebe Rael para uma parceria na faixa “Relax”, que é vista por diogo como um “reggae das antigas”, que traz uma pegada mais tradicional do gênero. A música foi composta inicialmente por Gabi e Rod, que pensaram em Rael para compor o refrão e acabaram convidando o amigo para fazer parte do projeto.

“Essa música começou com a Gabi e o Rod pelo refrão eles puxaram essa melodia que pra mim é mais um reggae das antigas que passa uma credibilidade. Porque tem reggae que é um reggaezinho pop e tem reggaes que parecem que são mais tradicionais. Então, eu achei assim bem diferente assim a melodia.”, conta o artista, que completa dizendo que sugeriu dar um ar mais pop para a canção. “Rael é um cara que é super próximo da gente, a gente se fala direto, ele também já convidou a gente para participar de uma música dele e aí ficou perfeito. Porque a parte dele já foi feita pensando nele então a voz dele encaixou perfeitamente na música e foi exatamente como a gente tinha pensado ou melhor ainda, eu acho.”, finaliza.

Ouça na íntegra:

3. Cabelo de Anjo feat. Lulu Santos

Importante referência musical na vida dos irmãos, Lulu Santos participa da faixa “Cabelo de Anjo”, uma das mais especiais do projeto. A faixa, que traz uma letra calma e doce, é uma homenagem à filha de Diogo, a Mel. O nome da faixa é uma brincadeira ao apenlido carinhoso de Dig com a filha, que, segundo ele, tem cabelos de anjinho.

“Há alguns meses eu cheguei pro Rod e falei pra ele da minha vontade de fazer uma música especial para a minha filha, que se chamasse “Cabelo de Anjo”. Eu não sabia de nada sobre a música, mas eu falei ‘Cara, quero seja uma música leve, como se fosse uma canção de ninar, como se eu estivesse cantando pra ela’.”, diz.

O cantor também destaca quão importante foi ter a colaboração de Lulu no projeto. “Ter um cara desse não só endossando o seu trabalho, mas colocando a voz dele e depois as coisas que ele falou sobre a música, sobre o que ele falou do nosso trabalho de uma forma geral é muito recompensador. A gente como artista se sente muito feliz. Missão cumprida, sabe?”, conta. (ouça!)

4. Gelo

A única não inédita da tracklist, “Gelo” já havia sido lançada anteriormente e foi adicionada ao projeto. A canção possui mais de 48 milhões de visualizações no Youtube e é mais um dos grandes sucessos da carreira dos irmãos. Com clipe gravado no Chile, Diogo conta que a música é uma brincadeira sobre uma pessoa que te deu gelo na outra, mas quando precisa você está lá.

“Essa faixa, na verdade, foi feita entre amigos, né. Todas as composições que a gente faz são composições nossas, Gabi, Rodrigo e Diogo. E nesse dia a gente convidou uns amigos que são músicos também. O Jhama, que é um artista que a gente gosta muito, Nano Amorim, e Juliano Moreira, que é o nosso guitarrista e toca com a gente desde do início da Melim.”, contou Rodrigo, na entrevista que fizemos com ele para o lançamento da faixa no ano passado.“Quando finalizamos foi aí que a gente percebeu que a música era uma música muito forte.”, completa.

5. Menina De Rua

“Menino de Rua” é uma das canções mais tocantes do projeto e a que foi escrita há mais tempo. Diogo conta que a música quase entrou no primeiro disco da banda, o “Melim” (2018), mas ficou de fora por uma opção dos irmãos de deixar o lançamento um pouco mais pra frente para as pessoas conhecerem mais a Melim e ela viesse num momento em que tivesse mais atenção. Com uma letra importante, Diogo acredita que talvez a canção passaria “despercebida” se tivesse sido lançada no primeiro disco.

“É uma música que eu tenho muito orgulho de ter escrito, eu escrevi junto ela com o Rod, por ela levantar uma bola e trazer um assunto que a gente não tinha falado ainda em nenhuma música nossa. É um assunto que desafia mais o pensamento das pessoas e vai fazer as pessoas quererem entender um pouco mais da história. Se perguntar qual o propósito da música é que ao mesmo tempo que ela diz muitas coisas bonitas e ela passa uma sensação linda pro coração de quem ouve, ela gera muita curiosidade, sabe? Por ser muito diferente.”, conta. “Antes de sermos cantores e compositores nós somos seres humanos com propósito e eu acho que o maior propósito que todos nós temos é ser feliz, evoluir e trazer transformação. Então, essa música ela fala muito disso.“, termina.

6. Quem Me Viu

A mensagem de “Quem me Viu” é simples, mas com diversos desdobramentos. Diogo conta que se pudesse definir a canção em uma única palavra seria “superação”, mas não apenas de um relacionamento, mas também de uma vitória profissional, pessoal e outras.

“É uma música que fala sobre superação. Se eu pudesse resumir a música em uma palavra, seria superação. E eu gosto muito porque ela cabe para vários aspectos. Pode ser o aspecto emocional de um relacionamento, pode ser uma vitória no trabalho, pode ser uma vitória pessoal que acredita que as pessoas tinham uma visão dela e depois de um tempo ela conseguiu superar, conseguiu vencer. E tá tão diferente, a energia dela tá tão diferente, o astral tá tão diferente, que nem parece que é a mesma pessoa e realmente, no fundo, não é. No fundo é a mesma essência, mas ela conseguiu ser uma versão melhor dela mesma, sabe?”, conta.

7. Pega a Visão

Composta por Gabi, também é uma das favoritas do Diogo. O cantor conta que um dos fatores que fizeram com que gostasse tanto dela é que é uma canção que toca o coração a partir do momento em que começa. Romântica e leve, a canção traz também o violão e é descrita por Diogo como “uma canção muito musical”.

“É uma música da Gabi e eu gosto muito dessa música porque ela fala direto ao coração. É uma das músicas que a partir do momento que você dá play você já automaticamente é encantado por ela. Você não precisa tentar muito, tentar entender muito, pra você sentir. Você dá play e o ritmo, a letra, a voz da Gabi, a leveza que ela transmite já te fala muito ao coração.”, explica.

8. Cantando Eu Vou feat. Saulo

“Cantando Eu Vou” fecha o projeto e traz a colaboração de Saulo. Diogo conta que a conexão com o cantor aconteceu em um único encontro quando estiveram juntos em um show. Dig destaca também que a canção ficou interessante por conta do ritmo que Saulo tem e que é diferente da Melim e que ele trouxe uma energia diferente à música.

“As partes que o Saulo canta são as mesmas partes que a gente canta, mesma letra, mesmo tudo. Só que ele canta da maneira dele e isso foi muito maneiro porque a música fica gigante, sabe?”, conta. “A gente ficou muito feliz, cara, porque é uma música que tem tudo a ver com a energia dele, é uma música que fala de felicidade.”, finaliza Diogo dizendo que tinha que ser o Saulo a colaboração desta música.

Trending