in

Iza, Melim, Marília Mendonça, Vanessa da Mata e Giulia Be estão na lista de indicados ao Grammy Latino

Foto: Divulgação

A Academia Latina da Gravação revelou nesta terça-feira (19) a lista de indicados ao Grammy Latino 2023, que celebra os destaques da música latina no último ano. Iza, Marília Mendonça, Melim, Giulia Be, Vanessa da Mata, Gaby Amarantos, Lauana Prado e Djavan são alguns dos representantes do Brasil na premiação.

O compositor Edgar Barrera lidera as indicações, com 13. As cantoras colombianas Shakira e Karol G conquistaram sete nomeações cada. A dona de “Copa Vacía” é um dos grandes destaques da edição deste ano, concorrendo três vezes na principal categoria, a de Canção do Ano

A brasileira Natascha Falcão comemora a estreia na premiação. Aos 35 anos, a artista pernambucana lançou seu álbum “Ave Mulher” neste ano e já participou de novelas da TV Globo. Falcão concorre na categoria Melhor Nova Artista.

Leia mais:
+ IZA esbanja personalidade e feminilidade no disco “AFRODHIT”; ouça!
+ “Quintal”: Melim lança terceiro disco da carreira e revela primeiros videoclipes de projeto visual
+ Entrevista | Vanessa da Mata mescla gêneros e parcerias especiais no disco “Vem Doce”

A 24ª entrega anual do prêmio acontecerá no dia 16 de novembro no Centro de Conferências e Exposições (FIBES), em Sevilha, Espanha. A transmissão será feita pela Univision, nos Estados Unidos, e pela Radio Televisión Española, na Espanha. Outros parceiros internacionais de transmissão serão anunciados em breve.

Confira abaixo os indicados nas categorias principais. Para a lista completa dos indicados em todas as 56 categorias, clique aqui.

Gravação do Ano
– “No es que te extrañe” – Christina Aguilera
– “Carretera y manta” – Pablo Alborán
– “Déjame llorarte” – Paula Arenas com Jesús Navarro
– “Shakira: Bzrp Music Sessions, Vol. 53” – Bizarrap com Shakira
– “Si tú me quieres” – Fonseca & Juan Luis Guerra
– “Mientras me curo del cora” – Karol G
– “De todas las flores” – Natalia Lafourcade
– “Ojos marrones” – Lasso
– “La fórmula” – Maluma & Marc Anthony
– “Despechá” – Rosalía
– “Correcaminos” – Alejandro Sanz com Danny Ocean 

Álbum do Ano
– “La cu4rta hoja” – Pablo Alborán
– “A ciegas” – Paula Arenas
– “De adentro pa afuera” – Camilo
– “Décimo cuarto” – Andrés Cepeda
– “Vida cotidiana” – Juanes
– “Mañana será bonito” – Karol G
– “De todas las flores” – Natalia Lafourcade
– “Play” – Ricky Martín
– “Eadda9223” – Fito Páez
– “Escalona nunca se había grabado así” – Carlos Vives

Canção do Ano
– “Acróstico” – Kevyn Mauricio Cruz Moreno, L.E.X.U.Z, Luis Fernando Ochoa & Shakira, compositores (Shakira)
– “Amigos” – Pablo Alborán & María Becerra, compositores (Pablo Alborán com María Becerra)
– “De todas las flores” – Natalia Lafourcade, compositora (Natalia Lafourcade)
– “Ella baila sola” – Pedro Julian Tovar Oceguera, compositor (Eslabon Armado, Peso Pluma)
– “NASA” – Édgar Barrera, Camilo & Alejandro Sanz, compositores (Camilo & Alejandro Sanz)
– “Ojos marrones” – Luis Jiménez, Lasso & Agustín Zubillaga, compositores (Lasso)
– “Shakira: Bzrp Music Sessions, Vol. 53” – Santiago Alvarado, Bizarrap, Kevyn Mauricio Cruz & Shakira, compositores (Bizarrap com Shakira)
– “Si tú me quieres” – Fonseca, Yadam González & Yoel Henríquez, compositores (Fonseca & Juan Luis Guerra)
– “Tqg” – Kevyn Mauricio Cruz, Karol G, Ovy On The Drums & Shakira, compositores (Karol G com Shakira)
– “Un x100to” – Bad Bunny, Édgar Barrera, Marco Daniel Borrero & Andrés Jael Correa Ríos, compositores (Grupo Frontera com Bad Bunny)

Melhor Artista Revelação
– Borja
– Conexión Divina
– Ana Del Castillo
– Natascha Falcão
– Gale
– Paola Guanche
– Joaquina
– Leon Leiden
– Maréh
– Timø

Melhor Álbum Pop Vocal
– “La Cu4arta Hoja” – Pablo Alborán
– “Beautiful Humans Vol.1” – Alemor
– “De Adentro Pa Afuera” – Camilo
– “La Neta” – Pedro Capó
– “Tu Historia” – Julieta Venegas

Melhor Canção Pop
– “5:24” – Camilo
– “Bailo Pa Ti” – Monsieur Periné
– “Contigo” – Sebastian Yatra feat. Pablo Alboran
– “Déjame Llorarte” – Paula Arenas & Jesús Navarro
– “Shakira: Bzrp Music Sessions, Vol. 53” – Bizarrap feat. Shakira

Melhor Álbum de Música “Urban”
– “Xtassy” – Akapellah
– “Saturno” – Rauw Alejandro
– “3Men2 Kbrn” – Eladio Carrion
– “Feliz Cumpleaños Ferxxo Te Pirateamos El Álbum” – Feid
– “Mañana Será Bonito” – Karol G
– “Alma” – Nicki Nicole

Melhor Álbum de Rock
– “Íntimo Extremo” – 30 Años – A.N.I.M.A.L
– “Cowboys De La A3” – Arde Bogotá
– “De La Tierra III” – De La Tierra
– “Dopelganga” – Eruca Sativa
– “Sólo D’ Lira” – Molotov

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa
– “Bryan Behr Ao Vivo Em São Paulo” – Bryan Behr
– “Em Nome da Estrela” – Xênia França
– “Hodari” – Hodari
– “Quintal” – Melim
– “As Palavras, Vol. 1 & 2” – Rubel

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa
– “Não Me Espere Na Estação” – Lô Borges
– “Jardineiros” – Planet Hemp
– “Meu Esquema” – Rachel Reis
– “Habilidades Extraordinárias” – Tulipa Ruiz
– “Olho Furta-Cor” – Titãs

Melhor Interpretação Urbana en Língua Portuguesa
– “Da Favela Pro Asfalto” – Àttøøxxá & Carlinhos Brown
– “Aviso De Amigo” – Giulia Be
– “Fé” – Iza
– “Distopia” – Planet Hemp feat. Criolo
– “Good Vibe” – Filipe Ret, Dallass, Caio Luccas

Melhor Álbum de Samba/Pagode
– “Negra Ópera” – Martinho Da Vila
– “Resenha do Mumu” – Mumuzinho
– “Desse Jeito” – Maria Rita
– “Sambasá” – Roberta Sá
– “Meu Nome É Thiago André (Ao Vivo)” – Thiaguinho

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira
– “Mil Coisas Invisíveis” – Tim Bernardes
– “Vem Doce” – Vanessa da Mata
– “D” – Djavan
– “Serotonina” – João Donato
– “Daramô” – Tiago Iorc

Melhor Álbum de Música Sertaneja
– “Ao Vivo no Radio City Music Hall Nova Iorque” – Chitãozinho & Xororó
– “Daniel 40 Anos Celebra João Paulo & Daniel” – Daniel
– “É Simples Assim (Ao Vivo)” – Jorge & Mateus
– “Decretos Reais” – Marília Mendonça
– “Raiz” – Lauana Prado

Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa
– “TecnoShow” – Gaby Amarantos
– “Portuguesa” – Carminho
– “Raiz” – João Gomes
– “Elba Ramalho No Maior São João Do Mundo” – Elba Ramalho
– “Do Amanhã Nada Sei” – Almir Sater
– “Erva Doce” – Gabriel Sater

Melhor Álbum de Engenharia de Gravação
– “Canto A La Imaginación” – Marina Tuset
– “Daramô” – Tiago Iorc
– “Depois Do Fim” – Lagum
– “Octet And Originals” – Antonio Adolfo
– “Quietude” – Eliane Elias
– “Solar” – Vanessa Moreno

Escrita por Otavio Pinheiro