in

“Irma Vep”: HBO revela data de estreia de série estrelada por Alicia Vikander

Foto: Divulgação

A HBO revelou na última segunda-feira (25) a data de estreia de “Irma Vep”, série estrelada por Alicia Vikander (“The Danish Girl”). Escrita e dirigida pelo indicado ao Emmy Olivier Assayas (“Carlos”) e produzida em colaboração com a A24, a produção estreia dia 6 de junho na HBO Max e na televisão. A estreia mundial da série será na Seleção Oficial do Festival de Cannes 2022.

Mira (Vikander) é uma estrela de cinema americana que, desiludida com sua carreira e após passar por uma recente separação, chega à França para estrelar como “Irma Vep” em um remake do clássico do cinema mudo francês, “Les Vampires”. Tendo como pano de fundo um fantástico thriller policial, Mira luta conforme as distinções entre ela e o personagem que interpreta começam a se desfocar e se fundir. “Irma Vep” revela o terreno incerto que está na fronteira entre ficção e realidade, do artifício e da autenticidade, da arte e da vida.

O elenco da “Irma Vep” inclui Alicia Vikander como Mira, Vincent Macaigne como René Vidal, Jeanne Balibar como Zoe, Devon Ross como Regina, Lars Eidinger como Gottfried, Vincent Lacoste como Edmond Lagrange, Nora Hamzawi como Carla, Adria Arjona como Laurie, Carrie Brownstein como Zelda, Tom Sturridge como Eamonn, Byron Bowers como Herman, Fala Chen como Cynthia Keng, Hippolyte Girardot como Robert Danjou, Alex Descas como Gregory Desormeaux e Antoine Reinartz como Jeremie.

 Os produtores executivos desta minissérie são Olivier Assayas, Alicia Vikander, Sylvie Barthet, Daniel Delume, Ravi Nandan, Hallie Sekoff, Kevin Turen, Stuart Manashil, Sam Levinson e Ashley Levinson.

Cineasta francês e multipremiado 

Olivier Assayas é um cineasta francês que se tornou uma voz importante no cinema contemporâneo internacional. Assayas começou a carreira como pintor e designer gráfico e, mais tarde, começou a fazer os próprios curtas-metragens enquanto perseguia seu interesse pela globalização da cultura e da tecnologia como editor do Cahiers du Cinema (1980-1985). Desde seu primeiro longa-metragem, “Désordre” (1986), vencedor do Prêmio da Semana da Crítica na Bienal de Veneza, ele tem continuado a produzir um único corpo rico e diversificado de trabalho que lhe rendeu reconhecimento internacional. 

Entre os filmes mais célebres da carreira do cineasta estão “Summer Hours”, nomeado um dos “melhores filmes do século 21 (até agora)” pelo The New York Times; “Demonlover”; “Clean”; “Carlos”, que ganhou um Globo de Ouro como Melhor Minissérie ou Filme de TV e recebeu duas indicações ao Emmy, incluindo Melhor Direção para Minisséries, Filmes ou Especiais Dramáticos; “Clouds of Sils Maria”, pelo qual Kristen Stewart ganhou o César de Melhor Atriz Coadjuvante; “Personal Shopper”, que ganhou o Prêmio de Direção em Cannes; “Something in the Air”, que ganhou Melhor Roteiro em Veneza; e mais recentemente “Non-Fiction” e “Wasp Network”.

Escrita por Otavio Pinheiro