in

Katy Perry perde na justiça ao ser acusada de plágio por Flame em “Dark Horse”

Acusada de plágio da música “Joyful Noise” do rapper cristão Flame, Katy Perry perdeu na justiça em tribunal de Los Angeles ontem (29). A artista, seus produtores e seus co-compositores pagarão ao rapper uma quantia ainda não determinada pela música “Dark Horse”.

Flame iniciou o processo junto de Emanuel Lambert e Chike Ojukwuhis contra Katy Perry em 2014, alegando que a canção da cantora tem a mesma batida. Katy disse no julgamento que nunca tinha ouvido a música antes.

De acordo com o processo, o rapper afirma que a voz de “Firework” destruiu sua reputação em círculos da música cristã, porque agora ele é associado à “bruxaria e imagens anti-cristãs” que Katy inseriu em seu videoclipe para “Dark Horse”.

+ ANITTA, IZA E LUDMILLA SÃO INDICADAS À “CANTORA DO ANO” NO PRÊMIO MULTISHOW

A Capitol Records, gravadora da cantora, também foi considerada culpada no julgamento junto à Sarah Hudson, o rapper Juicy J, além dos produtores Dr. Luke, Cirkut e Max Martin. “Dark Horse” é faixa do álbum “Prism” de Katy Perry e foi lançada em 2013, sendo indicada ao Grammy por melhor performance de duo.

Anitta, IZA e Ludmilla são indicadas à “Cantora do Ano” no Prêmio Multishow

“Depois do Casamento” | Longa com Julianne Moore e Michelle Williams ganha trailer legendado