in

Lady Gaga pode enfrentar corte americana após acusação de plágio por “Shallow”

Foto: Mark Seliger/Vanity Fair

Juntos e Shallow Now? Lady Gaga está sendo acusada de plágio por conta de um de seus maiores sucessos, “Shallow“. Segundo o portal Page Six, o cantor Steve Ronsen está acusando a artista de copiar a mesma progressão de notas de “Almost“, uma de suas faixas, lançada em 2013.

+ Com frete gratuito para o Brasil, Lady Gaga lança linha de maquiagem vegana

Segundo Ronsen, o refrão da vencedora do Oscar de “Melhor Canção Original” tem a mesma progressão de sua faixa, G (sol), B (si) e A (lá). Juntamente de seu advogado, Mark D. Shirian, o artista pede milhões de dólares em um acordo e ameaçam ir a público com suas alegações.

Em um esforço para resolver amigavelmente este assunto meses atrás, meu escritório forneceu à equipe jurídica de Lady Gaga, a pedido deles, um relatório oficial de um renomado e respeitado musicólogo e professor que determinou que há significantes semelhanças tempo, melódicas, rítmicas e harmônicas entre os dois ‘refrões’ das músicas em questão. A equipe de Lady Gaga ainda não forneceu ao meu consultório um relatório de musicólogo adversário, que pedimos várias vezes.

Enquanto isso, a defesa de Gaga argumenta que essa progressão é comum e que pode ser ouvida em outras faixas, como “Dust In The Wind”, de Kansas, lançada em 1978. O advogado da artista, Orin Snyder, diz que, caso a acusação chegue aos tribunais, a cantora lutará.

Sr. Ronsen e seu advogado estão tentando ganhar dinheiro fácil com a ajuda de um artista de sucesso. É vergonhoso e errado. Eu aplaudo Lady Gaga por ter a coragem e integridade para se levantar em nome de artistas de sucesso que se encontram na mesma situação. Se o Sr. Shirian prosseguir com este caso, Lady Gaga lutará vigorosamente e prevalecerá.”

Shallow” foi escrita para o aclamado e premiado filme “Nasce Uma Estrela“, protagonizado por Lady Gaga e Bradley Cooper. A trilha sonora do longa já ultrapassou 2 bilhões de reproduções no Spotify e o videoclipe da canção reúne mais de 650 milhões de visualizações no YouTube.

Katy Perry perde processo de plágio por “Dark Horse”; advogada afirma que recorrerá

O caso nos faz lembrar de um processo bem recente de outra estrela do pop. Nas últimas semanas, Katy Perry perdeu o processo de plágio que estava rolando na corte americana. A cantora e a equipe por trás da composição de “Dark Horse” foram condenados a pagar US$2,78 milhões ao rapper cristão Marcus Gray. Os advogados continuam recorrendo a decisão do juri.

Katy Perry lança novo single, “Small Talk”, acompanhado de Lyric Video; assista!

Na sexta-feira passada (2), a advogada da cantora, Christine Lapera, em nome dos escritores, que são Perry; os produtores Dr. Luke, Cirkut e Max Martin; o rapper Juicy J; e a compositora Sarah Hudson, divulgou uma declaração à imprensa internacional.

Não há violação. Não houve acesso de similaridade substancial. A única coisa em comum é a expressão desprotegida – notas “C” e “B” uniformemente espaçadas – repetidas. Pessoas, incluindo musicólogos de todo o mundo estão expressando seu desânimo por isso. Vamos continuar a lutar em todos os níveis apropriados para corrigir a injustiça.”

Pleight e Jotta lançam a faixa “Way Down”

Dj e produtor alemão Oliver Huntemann é headliner da décima edição da RESSONANCIA