Connect with us

Letras

Letra de “Tempos de Glória” – Jão

Publicado

em

Jão lançou nesta terça-feira (19) o tão aguardado “PIRATA”, o terceiro álbum de estúdio da carreira. O disco conta com 11 faixas, incluindo a já lançada “Coringa”, e já está disponível em todas as plataformas digitais.

+ Jão aborda liberdade e recomeços no tão aguardado disco “PIRATA”; ouça!

Letra

Um novo dia clareia, com cavalos na praia
Eu sinto o vento selvagem na minha cama de areia
Os deuses à toa, nos propõem um dilema
Regar a tua flor, pode acabar na fogueira

Amar teu igual, o corpo te queima
O brotar da pele, a pele incendeia
Teu olho molhado na sexta-feira
Alivia teu peito, já é de manhã

Nós corremos nossa vida inteira
Agora, já podemos descansar
Deita e o vento te leva pra onde você deve estar
Tempos de glória

Fomos reis e rainhas, sem trono ou altar
Tua língua e tua boca me sujam sem desculpar
Minhas mães me criaram pra um mundo bonito
Me matam ontem, mas nunca me senti tão vivo

Nós corremos nossa vida inteira
Agora, já podemos descansar
Deita e o vento te leva pra onde você deve estar
Tempos de glória

Deve ser você aqui
Deve ser a gente ali, num mundo novo
Deve ser você aqui
Talvez, talvez

Agradecemos pela sua visita! Se gostou desta notícia, compartilhe com alguém que goste e nos ajude a chegar em mais pessoas. Acompanhe mais conteúdos exclusivos da Poltrona Vip no Twitter, Facebook e Instagram. Além disso, siga também no Google Notícias para não perder nada e se inscreva em nosso canal do Youtube.

Se você quiser falar com a gente para envio de pautas, anunciar ou comunicar algum erro em nossas matérias, mande email para [email protected] e ficaremos felizes em te atender. Agora, se quiser fazer parte da nossa equipe de colaboradores, clique aqui para se inscrever.

Trending