Connect with us

Crítica de Filmes

“Lucicreide Vai Pra Marte” é um filme que foge do comum e acerta em cheio na temática | Crítica

Publicado

em

A comédia “Lucicreide Vai Pra Marte”, longa protagonizado por Fabiana Karla, chegou aos cinemas na última quinta-feira, 4 de março. Com direção de Rodrigo César, o filme dá protagonismo a uma personagem famosa do programa Zorra Total e garante boas risadas.

“A casa de Lucicreide vira um inferno depois da chegada de sua sogra que, despejada, resolve morar por lá. Abandonada pelo marido Dermirrei e sem conseguir liderar seu lar diante dos seus cinco filhos, ela só tem o desejo de ir embora para bem longe. Sem entender a dimensão de uma viagem espacial, Lucicreide aceita participar de uma missão que levará o primeiro grupo de humanos ao planeta vermelho e é inscrita pelo filho de seus patrões, Tavinho. Ele lembra que seu pai estava selecionando uma pessoa para integrar um treinamento que levaria um brasileiro ou brasileira para Marte. Acreditando que vai deixar seus filhos felizes, Lucicreide parte para o treinamento em Cabo Canaveral, nos Estados Unidos.”, diz a sinopse.

“Lucicreide Vai Pra Marte” é um filme muito envolvente, divertido, que faz com que o público se conecte facilmente com a trama e fique curioso para saber o desenrolar dos acontecimentos e o que vai acontecer com essa personagem tão querida. Para fazer o público embarcar ainda mais na história, a produção recorre à referências de obras clássicas do cinema, como “Alien” e “Star Wars”, e recriam algumas cenas bastante icônicas.

Além de possuir uma temática bastante inesperada, houve uma preocupação e esforço para que retratar todos aqueles detalhes da forma mais verossímil possível. O filme foi rodado em uma instalação da agência espacial americana, o que torna tudo ainda mais perfeito e interessante de assistir.

Um dos grandes momentos do longa é quando Lucicreide e os outros candidatos a uma viagem para Marte participam de uma dinâmica em um avião que simula a gravidade zero. A aeronave é a mesma utilizada no treinamento de astronautas e partiu de Las Vegas fazendo acrobacias sobre o deserto de Nevada, criando sequências jamais vistas no cinema nacional.

Além da personagem de Fabiana Karla ser um show à parte, é interessante ver como ela se relaciona com as outras pessoas, como a Luana, interpretada pela atriz Adriana Birolli. Embora uma seja a “rival” da outra – pelo menos por parte de Luana, já que Lucicreide não perde tempo nessas competições – e elas sendo super diferentes, as duas protagonizam momentos muito engraçados e possuem muita química em cena.

O roteiro é cheio de falas bastante divertidas, trocadilhos e histórias que fazem com que a personagem de Fabiana Karla conquiste ainda mais as pessoas. A produção também traz discursos importantes a todos e bastante atuais, como aceitar a si mesmo e a história do “isso é de menino, isso é de menina”, por exemplo.

“Lucicreide Vai a Marte” é um filme muito divertido e que é muito prazerozo de acompanhar. O talento de Fabiana Karla para conduzir a personagem é impecável e é incrível assistir e conhecer mais de quem a Lucicreide realmente é. O filme sai completamente da zona de conforto das produções nacionais do gênero ao explorar uma temática bastante inesperada para a personagem e que pode causar um certo estranhamento só de ler o título, por exemplo, mas que funcionou muito e perfeitamente bem.

Além de Fabiana, o filme conta ainda com Adriana Birolli (Luana), Cacau Hygino (Padre João), Ceronha Pontes (Rosa), Lucy Ramos (Comandante Lee), Bianca Joy (Débora), Renato Chocair (Arnaldo) e Isio Ghelman (Watson). Carlinhos Maia e o astronauta Marcos Pontes fazem participações especiais. A comédia é uma produção da All Screens Films, coprodução 20th Century Fox, Telecine e Globo Filmes, e distribuição da Downtown Filmes e Paris Filmes.

Trending