Connect with us

CCXP

“Aves de Rapina”, legado de Malhação e Cao Hamburger foram os grandes destaques do primeiro dia de CCXP19

Publicado

em

Design sem nome 2

A CCXP iniciou nesta quinta-feira (05), cheio das novidades. Pela primeira vez com todos os ingressos esgotados, o evento recebeu em seu primeiro dia Margot Robbie, de “Aves de Rapina”, junto com o elenco do filme, encontro totalmente feminino no auditório Cinemark XD.

A nova série da Globo Play, intitulada de “As Five”,  derivado de “Malhação” com lançamento previsto para 2020, teve o seu primeiro trailer revelado durante a CCXP 2019, em um painel dedicado ao homenageado do ano, Cao Hamburger, criador do projeto. O autor também relembrou “Castelo Rá-Tim-Bum“, um dos grandes sucesso de sua carreira. 

Destaque também para a reunião de várias gerações de Malhação. Danton Mello, Fernanda Rodrigues, André Luiz Feambach, Rayssa Bratillieri, Sophia Abrahão e Emanuel Jacobina, um dos criadores da novela, falaram ao vivo sobre o legado e a importância da novela. Confira abaixo os melhores momentos da CCXP19 até agora: 

Elenco feminino de “AVES DE RAPINA” dominam o primeira dia CCXP19

O painel mais animado da quinta-feira foi, sem dúvidas, o da Warner. “Aves de Rapina” juntou as protagonistas e a diretora em uma conversa animada com Marimoon. A primeira frase que Margot Robbie resumiu o painel inteiro: “You guys are insane!” ou “Vocês são insanos!”, já que a animação demonstrada por todos, mesmo no fim do dia, foi enorme. A gritaria atingiu altos níveis quando a cena de abertura e um teaser exclusivos foram apresentados para o auditório lotado. Com o discurso forte de empoderamento feminino, o filme estreia no começo de 2020 e promete muita ação com atuações marcantes.

CCXP2019 Dia1 cinemark avesderapina diegopadilha ihf 7354
Imagem: Divulgação / Diego Padilha

Cao Hamburger e o Castelo Rá-tim-bum

A abertura do auditório Cinemark aconteceu de modo especial com a presença de Cao Hamburger falando sobre os 25 anos do “Castelo Rá-Tim-Bum“. Cao contou que foram produzidos dois programas antes de chegar ao formato final apresentado. Na época da estreia, houve a procura por canais internacionais querendo comprar os direitos globais da história criada, porém não houve negociação. Marcelo Forlani conduziu o painel resgatando vários momentos marcantes do programa, que faz parte da cultura pop nacional. O momento mais emocionante foi o clipe da música do banho, cantada pelo ratinho de stop-motion e acompanhada por todos os presentes.

CCXP2019 Dia1 Cinemark CasteloRaTimBum ArielMartini 6794 scaled
Imagem: Divulgação / Ariel Martini

“As Five”, derivado de Malhação tem trailer revelado na CCXP19

Em um segundo momento, André Marques foi chamado para trocar de lugar com Forlani e apresentar o novo projeto de Cao Hamburger, a série A5 five – spin-off da temporada de 2017 de Malhação Viva as Diferenças, que estreará pela plataforma de streaming Globoplay. As protagonistas se juntaram aos dois no palco para explicar as diferenças entre os formatos de série e novela. A nova história se passa com um salto de seis anos na história original e já conta com 12 episódios gravados, com estreia para 2020 e uma segunda temporada já confirmada.

CCXP2019 Dia1 Cinemark AsFive ArielMartini 6862
Imagem: Divulgação / Ariel Martini
CCXP2019 Dia1 Cinemark AsFive ArielMartini 6850 scaled
Imagem: Divulgação / Ariel Martini

Além disso, Várias gerações de Malhação se reuniram no espaço do Omelete na CCXP19. Danton Mello, Fernanda Rodrigues, além de André Luiz Feambach, Rayssa Bratillieri, Sophia Abrahão e Emanuel Jacobina, um dos criadores da novela.

CCXP2019 DIA1 OMELETEARENA VANSBUMBEERS IHF 0299 scaled
Imagem: Divulgação / VANS BUMBEERS
CCXP2019 DIA1 OMELETEARENA VANSBUMBEERS IHF 0353 scaled
Imagem: Divulgação / VANS BUMBEERS

Rei Leão: Dando Vida à Savana e Homem-Aranha: Desbravando o Aranhaverso 

Os painéis “Rei Leão: Dando Vida à Savana” e “Homem-Aranha: Desbravando o Aranhaverso” trouxeram os incríveis Julien Bolbach e Pav Grochola, respectivamente, para falar sobre os efeitos visuais para a criação dessas duas superproduções. Bolbach, especialista em efeitos especiais disse que O Rei Leão só foi possível depois de aprimorarem várias técnicas de Mogli. Já Grochola, supervisor da divisão de animações da Sony, se orgulha das novas técnicas desenvolvidas para o Aranhaverso e pede que os fãs continuem apoiando iniciativas inovadoras. Os painéis mostraram várias etapas da animação dos personagens, do cenário, bem como várias técnicas que foram criadas ao longo do processo, para a finalização dos filmes.

+ Live-action de Mulan ganha trailer e data de estreia na CCXP

Takashi Shimizu e “O Grito”

Takashi Shimizu, diretor que fez história nos filmes de terror com O Grito, participou de um painel de arrepiar. Shimizu dirigiu as versões originais japonesas do filme Ju-On (1 e 2), e contou que foi uma surpresa quando os produtores americanos o chamaram para dirigir a versão que fez sucesso mundial em 2004, ficando em primeiro lugar por duas semanas nos EUA. O diretor, que veio pela primeira vez ao Brasil, compartilhou, entre risadas, um fato pessoal curioso. Ele não consegue ver sangue e passa mal até ao fazer exames. Quando perguntado sobre como é seu processo criativo, Shimizu explicou que usa muito de seus medos de criança para se inspirar. Explicou que foi uma criança muito medrosa e começou a usar, em seus filmes, todas os pensamentos que o assustavam no seu imaginário.

CCXP2019 Dia1 cinemark terror japones diegopadilha ihf 6780 scaled
Imagem: Divulgação / Diego Padilha

Batman 80 anos

Um dos painéis mais esperados desta quinta-feira foi o Batman 80 anos. A abertura da Banda Leela contou com as músicas tema do personagem por toda a história, enquanto imagens dos filmes, séries e desenhos mais marcantes passavam na tela. Foi um início espetacular para um painel importantíssimo, já que o Homem-Morcego é justamente o homenageado desta edição do festival.

Neal Adams tomou conta da narrativa, trazendo muito de sua experiência e brilhantismo para a conversa. Rafael Grampá, que está produzindo uma nova história do Batman junto com o gênio Frank Miller, faz parte da atual geração de quadrinistas brasileiros que estão ganhando o cenário internacional. Mikel Janín, conhecido pela controversa história onde Batman “se casa” com Mulher-Gato, tentou definir o famoso herói como uma pessoa comprometida com sua promessa. “O Batman não pode ser feliz e ser Batman ao mesmo tempo”, declarou. Frank Quitely garante que, mesmo depois de 80 anos, sempre haverá um jeito novo de interpretar a história do herói. “Batman é um personagem que sempre vai existir”, finalizou.

CCXP2019 Dia1 Cinemark Batman80Anos ArielMartini 7106 scaled
Imagem: Divulgação / Ariel Martini

Em 2018, o festival recebeu 262 mil visitantes, batendo recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do mundo. A CCXP já faz parte do calendário cultural do país e, este ano, acontecerá entre 5 e 8 de dezembro. 

Todos os ingressos da CCXP estão esgotados. A bilheteria funcionará somente para a retirada de quem comprou online. Não haverá venda no local. O  evento vai receber 280 mil visitantes que poderão aproveitar as 160 horas de programação divididas ao longo de quatro dias.

Trending