in

Melanie Martinez lança “K-12” acompanhado de filme super produzido

Melanie Martinez lança nesta sexta (06) o segundo álbum da carreira, o “K-12”. O projeto de 13 faixas chegou acompanhado de um filme de 1h30 de duração dirigido e roteirizado pela cantora. O longa segue a história da Cry Baby iniciada no primeiro álbum da artista, “Cry Baby” (2015), mas desta vez se passa em uma escola macabra.

“Meu coração está incrivelmente cheio. Ser capaz de mostrar às pessoas o que tenho trabalhado nestes últimos anos e ter a oportunidade de criar um longa-metragem, tendo total controle criativo sobre todos os aspectos deste projeto é uma grande bênção e estou muito grata”, revela Melanie.

Produzido nos últimos anos e com gravações em Budapeste, na Hungria, o filme traz todas as músicas do álbum embalando a história de Cry Baby, que continua sendo a “esquisita” da escola, mas agora se apresenta mais forte. O filme é ambientado num colégio interno bem grande e cheio de acontecimentos bizarros. A personagem está mais madura, dançante e um tanto quanto sensual.

As cenas trazem um grande teor melancólico e aborda assuntos como abuso sexual, feminismo, aceitação e transtornos alimentares, por exemplo. Além das canções, o roteiro foi pensado de uma forma que realmente se ligasse uma coisa a outra contendo diálogos e a construção de uma narrativa muito interessante. Para um primeiro trabalho como roteirista, Melanie superou expectativas.

Quanto a estética, é tudo muito bonito e conversa com tudo o que Melanie vem fazendo. Por mais que as duas eras se passem em ambientes diferentes, a cantora abusa dos tons pastéis, que é uma marca dos projetos que assina e traz uma vibe de nostalgia para a produção. Falando em nostalgia, personagens já conhecidos da era anterior fazem parte do novo projeto, como a mãe alcoólatra e o menino azul de “Pacify Her”.

Num quesito mais sonoro, a artista continua fazendo uso de uma estética que já é muito própria, que é fazer uso se sons cotidianos para compor as músicas. Barulho de giz no quadro, ônibus, ziper e sinal de escola são alguns sons que podemos notar nas faixas, por exemplo. Porém, todas parece que se conectam de alguma forma fazendo o projeto muito gostoso de ouvir. Destaques para “Orange Juice” e “Strawberry Shortcake”, que será a canção que a artista irá apresentar em programas de tv e outras performances.

Uma das grandes surpresas deste projeto é que descobrimos que Cry Baby possui poderes sobrenaturais, o que a princípio pode ser até questionável, mas em poucos minutos se descobre que eles são muito importantes. A personagem faz uso dos poderes durante o longa e acaba encontrando outras meninas que também possuem tais poderes. Estes mesmos poderes – e um outro detalhe que vocês irão descobrir quando assistirem! – são os responsáveis de um final completamente inesperado e que deu margem para mais desta história. Mal podemos esperar!

Martinez vai comemorar o lançamento de “K-12” com uma turnê épica. Além disso, a artista será a atração principal do próximo “All Things Go Fall Classic”, que acontece no domingo, dia 13 de outubro, em Washington, DC, Estados Unidos, no histórico Union Market.

Erykah Badu virá ao Brasil em Novembro para shows

Livro de Shuri, irmã de Pantera Negra, será lançado pela Marvel