in

Melissa Benoist, protagonista de “Supergirl”, revela ter sofrido violência doméstica

Melissa Benoist, que atualmente vive a protagonista da série “Supergirl”, publicou nesta quarta-feira (27) no perfil oficial do Instagram um vídeo onde relata os momentos difíceis em que sofreu violência doméstica. Benoist não revelou o nome do agressor e os relatos são muito fortes.

A atriz começa o vídeo dizendo que resolveu abrir o jogo para que as pessoas conheçam a história e para que possa ajudar outras mulheres que passam pelo mesmo problema. “Eu aprendi o que é ser segurada e estapeada repetidamente, socada tão forte que eu perdia o fôlego, arrastada pelo cabelo no concreto, tomar cabeçadas, beliscada até minha pele se romper, jogada na parede tão forte que o gesso quebrava, enforcada.”, conta a atriz em uma das partes.

Melissa, que atualmente é casada com Chris Wood, também do elenco de “Supergirl”, conta que antes das agressões físicas o abuso começou com uma manipulação emocional. Segundo a atriz, o parceiro sentia ciúmes do trabalho dela, olhava celular, criticava as roupas e até ficava bravo com as cenas românticas que a atriz protagonizava.

“Ele não queria que eu beijasse ou gravasse cenas flertando com homens, o que era algo muito difícil para eu evitar. Então comecei a recusar testes, ofertas de trabalhos, acordos e amizades, porque não queria machucá-lo.”, conta.

A atriz conta que nunca acreditou que o parceiro fosse mudar e que se enganava em pensar que poderia ajudá-lo. “Alguém tinha de ensinar a ele que esse comportamento não era correto, e quem melhor do que aquela em quem ele agia desse jeito?”, conta. Em 2015, Benoist casou com o ator Blake Jenner, mas o relacionamento teve fim em 2017.

Em outro momento, Melissa conta que o parceiro em uma das agressões atirou um celular no rosto da atriz, o que fez com que ela quebrasse o nariz e machucasse a íris causando um dano irreversível à visão. Depois desse depoimento, fãs relembraram uma entrevista em que Melissa contou ao E! que a primeira vez que fez o teste do traje para a super-heroína estava usando um tapa olho.

Sobre o ocorrido, a atriz contou que mentiu para enfermeiras e para a polícia sobre a origem dos machucados, mas conseguiu coragem suficiente para contar a uma amiga. “Me sentia mais segura a cada pessoa para quem eu me abria”, conta a atriz.

“Quero que essas estatísticas mudem, e torço para que minha história previna mais histórias como essa”, afirma ao fim do vídeo afirmando que sentiu necessidade de contar o que viveu porque violências domésticas são crimes muito pouco denunciados. “Se você está passando pelo que eu passei e assistir a isso, talvez você seja capaz de conseguir a força necessária.”, diz.

Dona Cislene se apresenta em Brasília nesta sexta

“Naturalmente Cai”, canção de Rico Jorge, ganha clipe com direção de Gabriel Novis e Pablo Aguiar