Connect with us

Música

Nick Jonas lança novo álbum; confira “Spaceman”!

Publicado

em

Nick Jonas lançou nesta sexta-feira (12) o novo álbum “Spaceman”. Disponível em todas as plataformas digitais, o disco conta com 11 faixas, sendo 9 inéditas. Nas últimas semanas, o cantor já havia apresentado duas músicas que fazem parte do repertório de “Spaceman”, a faixa-título e a recém-lançada “This Is Heaven”

“A era ‘Spaceman’ começou. Estou super animado de iniciar essa jornada com todos vocês. Eu fiz esse álbum enquanto fazia o que a maioria de nós fez no ano passado, ou seja, enquanto estava sentado em casa me acostumando com o ‘novo normal’ e esperando por dias melhores pela frente. A música sempre conectou o mundo e nos ajudou a curar. Espero que esta canção ajude vocês em suas jornadas através do espaço e do tempo. Obrigado!”, escreveu Nick.

Ao longo das 11 faixas de “Spaceman”, Nick Jonas resolveu fazer diferente e explorou quatro temas centrais neste projeto, que são: distância, indulgência, euforia e compromisso. As três primeiras músicas do disco, “Don’t Give Up On Us”, “Heights” e “Spaceman”, abordam a temática da distância e como ela se tornou uma grande parte de nossas vidas.

“Todos nós passamos no ano passado por alguma forma de perda e também de algum tipo de tristeza. A distância tornou-se uma desgraça universal para todos e nos levou a nos perguntar: ‘Como podemos encurtar essa recém-necessária separação de uns dos outros?’”, explica.

“2Drunk” e “Delicious” dão continuidade no projeto e exploram a temática da indulgência e alguns dos diferentes métodos que usamos para ir além. “A indulgência costuma ser nutritiva, natural e humana. Pode nos proporcionar conforto, uma fuga e às vezes até uma ressaca no dia seguinte – mas nunca é onde a missão termina. A indulgência é a parte divertida – a experiência de experimentar coisas novas, comer e beber demais, extravagância”, revela.

Caminhando para o meio do álbum, encontramos as faixas “This Is Heaven”, “Sexual” e “Deeper Love”, as quais Nick atribui a temática da euforia para elas. “A euforia é a pressa que você sente quando finalmente se reconecta com aqueles que mais importam para você, quando sua alma encontra seu contraponto em outra. Portanto, quando nos perguntamos como encontramos proximidade quando estamos separados um do outro? A resposta é e sempre foi amor”, finaliza.

As três últimas músicas do álbum, “If I Fall”, “Death Do Us Part” e “Nervous”, ficaram com a temática que envolve o compromisso e a promessa de sempre encontrar o caminho de volta ao amor. “Compromisso é uma dedicação sem fim. Ao longo da vida, nós nos encontramos procurando o que incendeia nossas almas e nossa verdade e/ou propósito. Quando encontramos esse contraponto em outra pessoa, sabemos que ele não é restringido pelo tempo, distância e existência”, diz.

O disco foi tomando forma ao longo do ano passado. Quando o mundo entrou em lockdown por conta do novo coronavírus, Nick alimentou seus impulsos criativos por meio da experimentação. De primeira, ele se desligou da música e focou em escrever roteiros, além de se envolver em outros projetos criativos. Depois de alguns meses de bloqueio, ele voltou ao que faz de melhor.

“Durante o verão, minha esposa viajou para fazer um filme na Alemanha. Eu me senti isolado e incompleto, de certo modo. Então, eu me virei para a válvula de escape que está comigo desde sempre, que é a música”, relembra.

“Spaceman” é o terceiro álbum de estúdio do cantor e, com ele, Nick retoma sua carreira solo em grande estilo. Em entrevista, ele comentou que as músicas são inspiradas na própria esposa, a atriz e modelo Priyanka Chopra. Ouça:

Carreira e projetos futuros

Com mais de oito milhões de ouvintes mensais no Spotify, Nick Jonas também é um fenômeno na televisão e no cinema. No último dia 1º de março, o cantor retornou como técnico do renomado programa “The Voice”, da NBC. Nas telonas, ele integra o elenco do novo filme da Lionsgate, “Mundo em Caos”, que ainda não teve data de estreia confirmada no Brasil. O longa é baseado no livro “The Knife of Never Letting Go”, de Patrick Ness

Com uma carreira que já dura mais de 15 anos, o cantor garante que os fãs podem esperar ainda mais novidades para este ano. “Depois de 20 anos na música, ainda me esforço para tentar coisas novas. Comecei 2021 com um mantra: quero que seja um ano de estreias. Esse é o meu objetivo. Eu acho que ‘Spaceman’ atendeu a esse objetivo lindamente. É a primeira vez que faço algo assim e estou muito realizado, emocionalmente e criativamente”, finaliza.

Gostou desta notícia? Acompanhe a Poltrona Vip no Twitter e Instagram para muitas outras novidades. Além disso, também estamos no Facebook. Curta nossa página para não perder nada! 

Trending