Connect with us

Séries

“Noturnos” | Série de terror inspirada em contos de Vinicius de Moraes estreia no Canal Brasil

Publicado

em

CANAL BRASIL NOTURNOS

A produção original brasileira “Noturnos” estreia nesta quarta-feira (21) na programação do Canal Brasil. Inspirada em contos de Vinicius de Moraes, a série de terror começa às 22h e, na mesma data, todos os episódios estarão disponíveis nos serviços de streaming Canais Globo e Globoplay.

Com direção geral da dupla Caetano Gotardo & Marco Dutra, “Noturnos” conta com seis episódios e faz adaptação dos contos “Balada do Morto Vivo”, “O Mágico”, “Operário em Construção”, “Conto Carioca”, “Conto Rápido”, “A Grande Voz” e “O Incriado”. “Quando fui sondado sobre o projeto, a minha primeira reação foi de hesitação. Só que isso derreteu imediatamente quando li os contos e poemas. Foi interessante ver nas entrelinhas o carinho de Vinicius com o gênero. Depois, até achamos críticas de cinema em que ele demonstrava explicitamente uma atração pelo terror”, conta Marco.

As histórias de Vinicius são contadas a partir dos atores da companhia da fictícia Noturna Companhia de Teatro, que em um dia de ensaio ficam presos no teatro após uma grande tempestade. Sem poderem ir para casa, os atores começam a compartilhar contos sentados em volta de uma goteira. “Renato tinha trazido a ideia de uma antologia, só que eu e o Caetano queríamos dar uma unidade ao todo”, explica Marco.

“É uma série que propõe novos universos a cada episódio. O elenco se desdobrou entre vários personagens de um jeito extraordinário e a equipe também, tendo que criar na mesma obra muito mundos”, comenta Caetano. O elenco de “Noturnos” reúne nomes como Andrea Marquee, Thaia Perez, Ícaro Silva, Marjorie Estiano, Rafael Losso, Vaneza Oliveira, Bernardo de Assis, Larissa Siqueira, Rogério Brito, Eduardo Gomes, Edgar Castro, Bruno Bellarmino e Gilda Nomacce.

A série flerta muito com o que tá acontecendo a partir dos nossos medos, do que a gente não conhece, do aprisionamento, do terror que tá fora ou está dentro. É uma tragédia e uma oportunidade muito grande da gente reavaliar esses medos. São tantos que a gente tem e quando a gente tá vulnerável eles afloram e a gente tem que aprender a lidar. É um exercício pra vida aprender a lidar com eles. E se deparar também com a possibilidade da morte e tudo que está dentro da gente”, disse Marjorie Estiano.

“Eu penso na dilatação do tempo quando penso neles contando essas várias histórias dentro de uma noite. Agora na pandemia parece que estamos vivendo várias noites dentro de uma história e o que nos assusta é exatamente o mistério. Não temos ideia do que vai acontecer. Todas essas histórias, de uma forma ou de outra, nos isolam dentro de nossos sentimentos para entendermos mais de nós mesmos, mas também nos conectam com esses personagens querendo saber o que vai acontecer”, afirma Ícaro Silva, sobre o que atrai em histórias de terror e suspense é o contato com o desconhecido.

Escritos por Marco Dutra, Caetano Gotardo, Gustavo Vinagre e Alice Marcone, os episódios têm produção de A Fábrica e conta com diferentes diretores convidados da nova geração do cinema brasileiro, muitos deles ligados ao terror. Fazem parte da lista Gabriela Amaral AlmeidaVinícius Silva, Rodrigo Aragão, Gustavo Vinagre e Aaron Salles Torres, além dos próprios Marco e Caetano.

Trending