in

Vanessa da Mata interpreta Clara Nunes em musical; veja como comprar ingressos

Foto: Priscila Prade

Idealizado e estrelado por Vanessa da Mata, o espetáculo “Clara Nunes – A Tal Guerreira” estreia no Teatro Bravos, em São Paulo, em uma curta temporada. As sessões começam no dia 2 de agosto e os ingressos podem ser adquiridos na internet pelo site Sympla e pela bilheteria oficial do teatro.

Com direção de Jorge Farjalla, “Clara Nunes – A Tal Guerreira” tem o patrocínio da Petrobras e apresentação do Ministério da Cultura. O espetáculo conta também  com o patrocínio da Oncoclínicas e apoio da Faculdade São Leopoldo Mandic. A realização é da Palco 7 Produções, de Marco Griesi, Solo Entretenimento, de Daniella Griesi e da Sevenx Produções Artísticas, de Felipe Heráclito Lima.

Espetáculo sobre um ícone

Um ritual! Reencontro com o sagrado na obra de uma das maiores cantoras do Brasil. Abram alas para Clara Nunes, A Tal Guerreira, uma viagem onírica pela trajetória da intérprete que escreveu seu nome na história da música popular brasileira através do samba e de sua busca na religiosidade de um povo ecumênico, miscigenado e plural, universalidade das raças dentro de um corpo-partitura, que cultua os santos, reza um canto e canta um ponto.

O palco de um teatro, sua morada, é o ponto de partida na sagração de sua história. Guiada pela amiga e diretora Bibi Ferreira e por seus Orixás, Clara ainda está arraigada no plano físico e precisa entender a transição entre dois mundos, vida após a vida, mistura instigante e curiosa, amálgama de um pensamento terreno.

Sua casa no musical é o olimpo dos bambas: um barracão de escola de samba onde as personagens de sua trajetória se destacam em pedaços de carros alegóricos refletidos na realidade de Clara, futuro, presente e memória no barracão da vida desse grande carnaval que aqui chamamos de eternidade.

Clara Nunes, A Tal Guerreira é uma grande celebração que, através das canções interpretadas por Clara, glorifica a passagem desse  ‘ser de luz’ pelo plano material e perpetua aquela que foi a primeira profissional feminina a ter status célebre de venda de discos no país, sendo respeitada por tal feito. Desde o continente africano até uma cidade no interior do Brasil, nas Minas Gerais, os povos se fundem para contar e cantar a vida de nossa eterna sabiá.

Elenco

No espetáculo, Vanessa interpretará Clara Nunes e considera este um dos maiores desafios da carreira. “É um dos desafios mais importantes e bonitos de toda a minha carreira. Já rodei pelo Brasil me apresentando com minhas turnês nos mais variados teatros, mas interagir com esse mesmo espaço, através de um prisma teatral e interpretar esse ícone brasileiro, é uma imensa responsabilidade. “, comenta.

A artista dividirá a missão com Badu Morais, atriz, poetisa e produtora, de descendência afro indígena, que teve destaque em diversos espetáculos, como “As Cangaceiras Guerreiras do Sertão”, “Pescadora de Ilusão”, “Quase de Verdade” e “Morte e Vida Severina”, de Elias Andreato. “Responsabilidade essa que dividirei com a talentosíssima Badu Morais, que irá interpretar Clara Nunes em algumas das sessões que não conseguirei estar presente devido a shows previamente fechados”, termina da Mata.

Construir e dirigir esse espetáculo é um dos maiores orgulhos de minha carreira. Eu, junto de meu parceiro André Magalhães, fizemos uma vasta pesquisa em toda a carreira de Clara Nunes. Sua carreira fonográfica e cênica são, sem dúvida alguma, riquíssimas. Durante esse processo, tivemos a ideia de compor suas letras e músicas geniais de uma forma diferente da tradicional do teatro musical. No espetáculo elas serão inseridas de duas maneiras: como momentos solos e únicos, mais tradicionais do gênero teatral, mas também como trechos específicos, compondo diálogos e cenas”, contou Jorge Farjalla. 

O elenco contará ainda com Carol Costa (Bibi Ferreira), André Torquato (Aurino), Renan Mattos (Poeta), Gui Leal (Ogum), Bel Lima (Ensemble/Cover Bibi Ferreira), Caio (Adelzon), Reynaldo Machado (Èsù), Ananza Macedo (Nanã), Leilane Telles (Iansã), Fabio Enriquez (Mané Serrador), Paulo Viel (José/Músico/Violino), , Jessé Scarpellini (Ensemble/Cover Aurino/Adelzon), Vitor Vieira (Ensemble/Cover Poeta), Edmundo Vitor (Ensemble/Cover Èsù/Ogum), Preta Ferreira (Ensemble/Cover Nanã) e Larissa Grajauskas (Ensemble/Cover Iansã). Flavio Pacato, Jade Ito, Elix, Jesus Jadh, Guilherme Gila, Silvia Lys, Thiago Brisolla, Daniel Warschauer, Abner Paul, Carlos Augusto e Pedro Macedo também estão no elenco.

Serviço:

CLARA NUNES – A TAL GUERREIRA
Teatro Bravos – Rua Coropé, 88 – Pinheiros
Temporada: de 02 de agosto a 29 de setembro de 2024
Observação: Vanessa da Mata não fará as sessões dos dias 10, 16 e 24 de agosto. Dia 30 de agosto não haverá sessão.

Horários:
sextas às 21h,
sábados às 17h e 21h,
domingos às 16h e 20h

Para comprar os ingressos ou saber mais informações sobre as sessões, acesse o site Sympla. Confira abaixo os valores:

PLATEIA PREMIUM: R$ 150 meia entrada e R$ 300 inteira
PLATEIA INFERIOR: R$ 125 meia entrada e R$ 250 inteira
MEZANINO: R$ 75 meia entrada e R$ 150 inteira

Escrita por Otavio Pinheiro