Connect with us

Filmes

Duda Beat lança clipe repleto de efeitos visuais para “Nem Um Pouquinho”, em parceria com Trevo; assista!

O videoclipe foi dirigido pela dupla Alaska e está disponível no canal do Youtube da cantora

Publicado

em

Crédito: Fernando Tomaz

Como prometido, Duda Beat lançou nesta quarta-feira (30) o videoclipe de “Nem Um Pouquinho”, novo single do disco “Te Amo Lá Fora”. A faixa é a segunda do novo disco de Beat a ganhar produção visual e conta com a participação do artista baiano Trevo.

Com direção de Alaska, o videoclipe ilustra a narrativa em que vemos sofrência e um lado mais amargo da desilusão amorosa, que acaba despertando um lado mais vingativo e sombrio da heroína construída e cantada por Duda no disco.

“Cada música funciona como o capítulo de um livro. Se em ‘Meu Pisêro’ essa mulher sofria, mas perdoava e seguia adiante, ela já mostra uma outra faceta em ‘Nem Um Pouquinho’. O que acho muito legal e verdadeiro nisso é que a gente vive as relações de maneiras diferentes mesmo. Então, é muito real para mim que agora haja um amargor, uma coisa mais sombria, que leva essa heroína por caminhos mais dramáticos até que ela se liberte”, explica Beat, que mais uma vez cria uma personagem forte para falar de desilusões amorosas: “Dor de amor machuca, mas também faz a gente crescer, amadurecer e mudar”.

“Nem Um Pouquinho” retrata um universo fantástico, em que a heroína tem a capacidade de se transmutar em várias personas para estar com quem ela ama. O projeto traz uma reflexão sobre como muitas vezes abrimos mão de quem somos por alguém. “Se apaixonar é uma delícia, mas nem sempre traz coisas boas. Nesse clipe, falamos de como podemos nos perder de nós mesmas e como pode ser difícil se reencontrar. Mas, ao mesmo tempo, se reconectar consigo mesma é um processo catártico e de renascimento, é se tornar dona de si e se emancipar. Tudo ao mesmo tempo”, pondera Duda.

Trevo, que faz o feat com Duda na faixa, também participa do clipe. “Participar de ‘Nem um pouquinho’ foi um processo necessário para o meu crescimento como artista. Poder observar como trabalha a Duda e sua equipe, tanto no processo criativo como na execução do projeto foi algo que com certeza agregou muito no meu caminhar. Poder sair de Salvador e observar de perto como funciona esse mercado em São Paulo foi outra faceta que pude aproveitar nesse momento. Aprendi muito com a equipe do Alaska Films, vi uma estrutura que nunca tive acesso e pude penetrar nesse ambiente e observar como se dão essas produções. Agradeço muito a oportunidade”, comemora o artista baiano, que chega a sobrevoar São Paulo em uma das cenas do filme, numa referência ao clássico filme “E.T.”.

Pop e rock se encontram

Mais uma vez, a moda tem papel fundamental na criação da atmosfera sombria e fantástico do universo de Duda. “Olhamos principalmente para Ícones do Bug do Milênio, início dos anos 2000, estética cyber punk, caos futurista. Para os looks da Duda, minha intenção foi deixar tudo com acabamento desgastado, desfiado e surrado, misturando isso com pontos de brilhos nos bordados, e acessórios mais fortes. Acabamos flertando com a estética das bandas de Glam Rock”, explica Leandro Porto, stylist da cantora.

O clipe de “Nem Um Pouquinho” tem a direção assinada pela dupla Alaska, formada por Gustavo Moraes e Marco Lafer. A vontade de colaborar com eles era um sonho antigo de Duda: “Admiro muito o trabalho dos meninos e já tínhamos um namoro antigo (risos). Dessa vez, concretizamos essa relação. Eles contribuíram muito para dar vida a essa história cantada por mim e por Trevo que constrói um universo paralelo com seres fantásticos e ao mesmo tempo elabora sobre sentimentos tão reais”.

“A gente pirou quando Duda nos mostrou a demo de ‘Nem Um Pouquinho’. É uma música diferente, esquisita, magnética. Uma música que explora um lado mais brega-trap-triste da Duda, uma sofrência mais ‘darkzinha’ e a gente ficou morrendo de vontade de poder traduzir essa sonoridade em imagens”, afirma o duo Alaska: “Então, juntos desenvolvemos esse universo meio dark, meio cyber-punk-Brasil, onde a Duda é um ser metamorfo que sofre uma desilusão amorosa pelo seu ex-namorado, um vampiro ‘pegador’. Ao mesmo tempo, a gente queria evitar que a Duda representasse uma mulher frágil e submissa, a tristeza do amor não correspondido. Então, juntos moldamos essa narrativa onde a Duda acaba dando a volta por cima e devorando o seu ex no final (risos)”.

A ideia era que o vídeo de “Nem Um Pouquinho” saísse mais perto do lançamento de “Te Amo Lá Fora”, mas o agravamento da pandemia em março fez com que os planos fossem adiados. “Tudo tem um momento certo para acontecer. Esse é um dos maiores projetos da minha carreira e queria fazê-lo da maneira mais segura para toda equipe. Por isso, só está saindo agora. Mas tenho a certeza de que está chegando no momento certo. Estou muito animada para ver como o público vai reagir, para ver todo mundo participando dos desafios no Tik Tok, meu grande parceiro nesse projeto grandioso. É realmente a realização de mais um sonho”, conta Duda.

Gostou desta notícia? Acompanhe a Poltrona Vip no Twitter e Instagram para muitas outras novidades. Além disso, também estamos no Facebook. Curta nossa página para não perder nada! 

Trending