Connect with us

Séries

“Loki”, com Tom Hiddleston, chega ao catálogo do Disney+

Publicado

em

A tão aguardada série original da Marvel sobre o Deus da Trapaça, “Loki”, chegou ao catálogo do Disney+ nesta quarta-feira (09). A produção quebra a tradição de novos episódios às sextas-feiras do streaming e terá novos capítulos divulgados todas as quartas.

A produção apresenta o Deus da Trapaça enquanto ele sai da sombra de seu irmão em uma nova série que ocorre após os eventos de “Vingadores: Ultimato”. Tom Hiddleston retorna como o personagem-título, acompanhado por Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw, Sophia Di Martino, Wunmi Mosaku e Richard E. Grant. Kate Herron dirige “Loki” e Michael Waldron é o roteirista principal.

“Loki” segue a sequência de lançamentos da Marvel no Disney+, que já conta com as séries sucesso “Wandavision” e “Falcão e o Soldado Invernal”. A produção focada no Deus da Trapaça faz parte da Fase 4 da MCU, que contará ainda com outras estreias nos próximos meses, como filme solo da Viúva Negra, a sequência de “Doutor Estranho”, além de “Os Eternos”.

Vale lembrar que todas as produções Marvel, incluindo “Vingadores” e os filmes solo dos heróis, estão disponíveis no catálogo do Disney+. A plataforma conta ainda com uma infinidade de produções do Disney Channel, National Geographic, animações Pixar e tantas outras.

O que é a TVA?

A primeira aventura solo de Loki leva o querido vilão às instalações da TVA, a Autoridade de Variância do Tempo (Time Variance Authority). Com ares de repartição pública, o local conta com funcionários uniformizados e bem asseados e bastante focados em funções específicas. O ambiente conta com elementos comuns em um escritório, como estaçoes de trabalho com mesas, papeladas, elevadores, computadores, recepcionista, seguranças e outros.

Porém, essa descrição se aplica apenas ao estereótipo físico do TVA, que por si só já provoca uma certa estranheza, levando-se em conta sua disparidade com o universo que Loki habita. Mas a pergunta que não quer calar é: para que realmente serve essa força de autoridade?

Na trama, a força é uma organização burocrática responsável por manter a ordem do tempo e espaço. Basicamente, eles podem predeterminar o que acontece no passado, presente e futuro e ficam de olho com quem brinca com viagens no tempo. Se algo for feito para alterar a história ou o curso do futuro, a TVA vai processor o acusado como um criminoso do tempo, e ele será julgado.

E é exatamente por isso que Loki vai parar lá! Em suas últimas aparições no MCU (Universo Cinematográfico Marvel), ele quebrou muitas restrições e chamou a atenção dos agentes, que logo tomaram atitude. Na mais recente, que foi no longa “Vingadores: Ultimato” (2019), Loki rouba o Tesseract de novo, e esse é ponto de partida para ele ser levado à TVA.

A TVA apareceu pela primeira vez nos quadrinhos de “Thor” na década de 80. Naquele momento, a força foi apresentada como uma autoridade que tinha por objetivo manter o multiverso em ordem, assim como suas linhas de tempo. Entretanto, o órgão era apenas secundário nas historinhas, e agora ganha status de protagonista.

Gostou desta notícia? Acompanhe a Poltrona Vip no Twitter e Instagram para muitas outras novidades. Além disso, também estamos no Facebook. Curta nossa página para não perder nada! 

Trending