Connect with us

Famosos

Pathy Dejesus faz desabafo sobre maternidade e retorno ao trabalho: “Só quem é mãe sabe”

Publicado

em

PATHY DEJESUS COISA MAIS LINDA RAKIM

Um ano após o nascimento do primeiro filho, Pathy Dejesus publicou na última terça-feira (23) no Instagram um desabafo sobre maternidade e o retorno às gravações de “Coisa mais Linda”, série original da plataforma de streaming Netflix. O texto chegou acompanhado de fotos da atriz no backstage da produção junto de Rakim.

“Coisa Mais Linda… de mãe pra mãe. Rakim nasceu em Junho de 2019. Comecei essa jornada em Agosto. Dois meses e meio depois. Ápice do puerpério. PUERPÉRIO. Só quem é mãe sabe. Eu nem ia mais falar sobre isso, mas é importante. Pra mim! Porque deixou sequelas em mim, que ainda estão sendo sanadas…”, começa a artista que interpreta Adélia Araújo na série.

+ “Coisa Mais Linda” | Netflix estreia segunda temporada de produção brasileira

“Não dormia, os hormônios todos virados, baby blues, um corpo que não era o mesmo, uma cabeça que não era a mesma. E nunca mais seriam! Quem eu era?! Não tive tempo de descobrir antes da volta… Insegurança, desconforto, leite que vaza, peito que dói. A cesárea cicatrizou? Faz a cena. Cansaço! Tira leite, cuidado pra estocar certo! Envia pra casa! Que bom que tem rede de apoio! Leva a vovó pras viagens. Não dorme. Estuda. Decora? Não sei, não lembro. Volta pra casa e cuida do baby. Não dorme!”, complementa.

Pathy continua falando sobre o sentimento de culpa por deixar o filho para voltar ao trabalho e a sensação de que não era uma boa mãe, que não era suficiente. “Mas isso tudo não chega perto da culpa. Culpa por não poder estar perto do meu pequenininho 24/7. Por achar que não era boa mãe, que nada era suficiente. Tinha escolha? Não, as oportunidades pra mim são mais escassas e eu não posso errar. Fato. Me emociono com as cenas muitas vezes lembrando como foi difícil gravar naquele dia, mais do que com a cena em si. Faria isso de novo? Não. Não mesmo.”, diz.

A artista finaliza agradecendo a integrantes da produção da série, como figurinistas e as responsáveis pela caracterização, por ter tornado tudo mais fácil nesse momento tão delicado e garante estar muito grata com tudo. “Sorte a minha contar com todo um esquema pra tornar isso menos difícil e eu serei ETERNAMENTE GRATA. […] Toda uma equipe que realmente tá junto e a Netflix que é uma firma da hora, que faz a gente realmente se sentir abraçado. Sobrevivi, com cicatrizes mas tô aqui!”, termina.

Trending