Artistas fazem releituras da MPB em nova série

O canal Curta! produziu a série Os Ímpares, exibida na televisão pela primeira vez na noite de ontem (21). O programa propõe uma abordagem inusitada de canções antigas da música popular brasileira. Além de contar a história dos cantores da década de 60 e 70 do país, o projeto de dez episódios convida o telespectador para uma nova experiência sonora, com a releitura feita por artistas do cenário atual. Nomes como Alice Caymmi, BaianaSystem, Crioulo, Emicida, Nação Zumbi, Teresa Cristina e Tulipa Ruiz integram o time talentoso e versátil.

A produção de Os Ímpares começou no final de agosto do ano passado e promete surpreender o público com uma roupagem musical diferenciada. Para seleção dos álbuns homenageados na série, foram pensados cantores e compositores singulares que não tiveram reconhecimento midiático na época. O intuito é mostrar que, mesmo que não tenham aparecidos nos grandes meios de comunicação, eles mudaram o cenário nacional e influenciaram a era atual da MPB.

Emicida no primeiro episódio de Os Ímpares (Foto: divulgação).

Os diretores de Isis Mello e Henrique Alqualo, sob o comandado pelo produtor musical Berna Ceppas, afirmam a importância do tributo a esses artistas esquecidos pelo tempo. De acordo com Isis, “Os Ímpares é um programa que traz uma convergência de linguagens. Ao mesmo tempo que mostramos todo o processo criativo da elaboração das novas músicas, contamos a história desses álbuns e artistas de uma maneira simples e afetiva”. Já Ceppas enfatizou a criatividade da nova geração em dar o toque especial às obras: “[…] [músicas escolhidas] Algumas tão pertinentes e quase óbvias pareciam sempre ter pertencido ao repertório deles”.

Sinopse oficial:

“Os Ímpares é uma série documental que tem como tema álbuns experimentais das décadas de 60 e 70 que não tiveram o devido reconhecimento na época do seu lançamento. O programa convidou artistas contemporâneos como Emicida, Criolo, Nação Zumbi, Teresa Cristina e Alice Caymmi para reler canções dos álbuns de Jards Macalé, Jorge Mautner, Pedro dos Santos, Sérgio Sampaio dentre outros. O programa acompanha todo o processo criativo das releituras e convida os compositores para contar um pouco da história dos discos”.

Confira o pequeno teaser:

Perdeu o episódio de hoje? Não tem problema! Amanhã (23) tem reprise, às 8h. Mas também tem todos os sábados, às 21h, e aos domingos às 9h – não vai perder, né? Cada programa tem por volta de 27 minutos. A série documental vai relatar a trajetória da pesquisa sobre o artista, a história dele e o processo de produção musical da releitura. Confira a programação no site do canal Curta!