in

Criolo lança ‘’Etérea’’ estrelado por performers de coletivos LGBTQIA+

O cantor e compositor Criolo realmente não decepciona! Não há como negar que ele é um dos artistas mais completos musicalmente em atividade e sempre surpreende quando o assunto é posicionamento em suas letras. Em constante flerte com o hip-hop e com o samba, o paulista impressiona a cada novo lançamento.

E dessa vez não foi diferente com ‘’Etérea’’ seu novo single lançado nesta quinta-feira (14), que trás uma estética nova se comparada com seu último sucesso ‘’Boca de lobo’’ que dá nome a sua atual turnê. O projeto completo, conta com videoclipe, making of e depoimentos coletivos e individuais.

É necessário quebrar os padrões, é necessário abrir discussões“, essa é uma das frases da qual o artista aborda em sua nova música, que traz umas sonoridade calma e repleta de elementos da música eletrônica, porém sem deixar de lado o Criolo que conhecemos, com posicionamentos críticos em suas letras. Criolo abraça agora a causa LGBTQIA+ e canta sobre a violência enfrentada por esse grupo na sociedade – que, nesta semana, enfrentou uma proposta de descriminalização da homofobia no Brasil.

“Esta população, apesar de estar no topo de todos os rankings de violência e morte do planeta, continua a celebrar sua existência e cultura através de grupos de resistência e coletivos contra a opressão”, explica Criolo.

Confira a nova música.

Todo o projeto é protagonizado por 8 performers de coletivos LGBTQIA+, que mostram sua interpretação pessoal para a música, trazendo a essência e elementos da cultura queer: Ákira Avalanx (Coletivo House of Avalanx), D’Avilla (Popporn/Festa Dando), Fefa (Animalia), Flip (Coletivo Amem), Juju ZL e Kiara (Batekoo), Transälien (Marsha Trans e Coletividade Namíbia) e Zaila (House of Zion). O vídeo foi dirigido por Gil Inoue e Gabriel Dietrich.

Representatividade LGBTQIA+ dá o tom do novo clipe de Criolo (foto/divulgação)

Juntamente com a música o cantor disponibilizou também um making of com depoimentos dos performers do clipe, onde eles contam suas experiências, em relação a família, trabalhos, e tudo o que eles já vivenciaram, pelo direito de existirem e serem quem são. A ideia, é mostrar a importância do trabalho dessas pessoas,destacando a transformação social e cultural.

Etérea é uma ode à arte queer em todas as suas expressões e homenageia os artistas e intérpretes que diariamente lutam contra o preconceito e a ignorância”, conta Criolo.

Todo o projeto é uma crítica ao momento em que vivemos, onde muitas coisas já foram conquistadas, como espaço de fala, representação e reconhecimento, mas ainda sim, a violência  homo e transfobia tem crescido cada vez mais no Brasil.

Confira o making of completo.


CarnaVip 2019 | Pabllo Vittar leva o Bloco da Pabllo a cinco diferentes cidades do Brasil

Dupla AnaVitória anuncia projeto secreto