Connect with us

Entrevistas

Entrevista | Mica Condé lança “Rebola” e fala sobre empoderamento e referências musicais

Publicado

em

MICA CONDE ENTREVISTA

A carioca Mica Condé lançou na última semana o novo single “Rebola”, que conta com uma pegada animada e perfeita para o Carnaval. A faixa, que também empoderamento, chegou acompanhada de um videoclipe super divertido e traz muita coreografia. A produção já reúne mais de 17mil visualizações no Youtube.

“A gente quis trazer justamente essa diversão, essa vibe gostosa que a letra da música transmite, e até também uma pincelada do tema do empoderamento da mulher”, conta Mica, que completa dizendo que o tema foi trabalhado desde a letra ao clipe em si. “A gente quis mostrar mesmo essa diversão do verão do Carioca, do Carnaval, e tudo mais e a gente conseguiu trazer essa coisa no clipe. E aí deu esse resultado final. Letra, composição, produção musical, clipe acho que compôs e casou super bem porque ela música aqui que ela vibra isso, ela transmite isso”, diz.

Sobre o novo lançamento, Mica conta que a mensagem principal, além de se divertir, é de que as pessoas sejam quem elas são sem se preocupar com o que as outras pessoas vão achar. “Muitas vezes a gente acaba seguindo padrões que muitas vezes não deixa a gente feliz. A gente vai acabar cedendo por causa de terceiros.”, diz a cantora. “Então, acho que começa por aí. “Rebola” vem justamente para trazer essa vibração, essa alegria, mas também por outro lado com essa mensagem para mostrar mulheres que a gente tem uma força por dentro a gente vai atrás e consegue, sabe?”, finaliza.

Empoderamento é um tema recorrente nos lançamentos de Mica, que busca sempre levar uma mensagem positiva e transmitir algo bom aos fãs. Nas composições, a cantora, que já possui um som só dela, conta que está sempre pesquisando novos ritmos e tentando trazer algo novo.

“Eu acho que o Brasil é isso. O Brasil é muito grande e a gente tem vários estilos musicais regionais e isso super enriquece, né. Então, eu tento tanto trazer para o som e também para música trazendo pessoas de vários tipos, gêneros e etnias. Eu acho que essa mistura é o que nos torna únicos o povo brasileiro em geral. Então, eu sempre trago isso assim essa diversidade e o respeito ao próximo, né.”, diz a artista.

Grande fã de Ivete Sangalo, a cantora confessa que uma de suas grandes referências é Anitta. “Não tem como não falar dela! Uma grande referência. Inclusive, fala que abriu mais as portas para o pop, né. Então, uma gratidão eterna dela ter conseguido fazer essa transição do funk para o pop de uma forma tão bacana.”, conta. “Sempre ter referências. E assim, é referência mesmo. Eu tenho um estilo bem o único, uma identidade única, parece com um, lembra alguma coisa, mas é bem diferente, sabe? Não adianta copiar o que já existe!”, explica.

A carioca, que foi vocalista da banda Divisa por seis anos, conta que o tempo que passou na banda foi importante para que aprendesse muito e contribuísse para a artista que é hoje. “Esse tempo que eu estive na Divisa eu era uma adolescente e eu aprendi muito também, sabe? Aprendi muito a lidar com um grupo, por que às vezes você acha que “ah, carreira solo”, mas o tempo todo você tá trabalhando com alguém, fazendo uma coisa com alguém. Aí tem que aprender a lidar com as pessoas que estão em volta naquela produção. Então, isso também me ajudou muito o fato de ter feito parte de uma banda e ter um preparo muito mais consciente”, contou.

A dona de “Sorte a Tua” e “Me Solta” prepara para os próximos meses uma série de lançamentos, que além de manter o público sempre com novos conteúdos, ajudarão a compor repertório de shows. “A meta é só uma por mês. Então, assim, a gente tá estudando, tá produzindo mais e também para botar bastante coisa botar bastante material na rua para poder mostrar isso aí para vocês um show. Tô bem feliz com essa virada de chave porque querendo ou não eu dava um espaço maior entre os lançamentos, mas agora esse ano a gente vai conseguir não tô.”, contou.

Após “Rebola”, Condé já adianta que está trabalhando em novas músicas e que irá explorar novos próximos lançamentos. “Ritmo musical que eu vou trazer é um pouco dessa pegada do rap. Já tem duas faixas aí prontas, inclusive. Uma delas já tá com clipe gravado, que é essa mistura do pop com rap, que está super em alta também. E aí a gente vai lançar em março com a colaboração de um rapper e a próxima música também, que vai ser logo depois em abril, é um estilo que eu curto muito eu tenho escutado muito, consumido bastante e que a gente vai lançar depois do carnaval”; finaliza.

Trending