Connect with us

CCXP

Nanda Costa e Milla Jovovich se encontram em painel de “Monster Hunter” na CCXP Worlds

Publicado

em

O filme “Monster Hunter”, baseado no game homônimo da Capcom, ganhou painel especial no primeiro dia de CCXP Worlds. Durante o bate papo, a host Flávia Gasi conversou com Nanda Costa sobre a estreia em uma produção internacional e sobre a personagem Lea, além de falar da experiência e desafios de gravar nos cenários gigantes e realistas criados por Paul W S Anderson.

“Eu sempre acreditei que papel tem endereço certo, porque o convite veio de dois lugares. Como esse é um filme internacional, para mim, é como se fosse um primeiro filme de novo, por ser tão distinto de tudo o que estou acostumada a fazer”, comenta Nanda. “Me senti viva e começando”, completa a atriz.  

Para deixar a conversa ainda mais animada, Gasi recebeu o astro mexicano, Diego Boneta, que interpreta o soldado Marshall no filme, a estrela Milla Jovovich, que contou como foi interpretar uma nova heroína dos games, incluindo as intensas gravações ao lado do marido, o diretor Paul W S Anderson, que também participou do painel. 

Os artistas conversaram mais sobre o longa e Nanda, que revelou ter ficado um pouco aflita com uma das cenas, confessou que dispensou o uso de dublê em uma das mais difíceis. A atriz também contou que as gravações aconteceram em cenários muito grandes e que não há muito uso de chroma key.

Paul e Milla relembraram como foi a vinda ao Brasil na CCXP em 2016, dizendo que foi uma experiência fantástica. O evento mostrou a cena em que o público da CCXP, puxado pelo jornalista Marcelo Hessel, do Omelete, cantou a música “Milla” para a estrela.

Milla, que protagonizou a franquia “Resident Evil“, comentou que as filmagens foram difíceis para todos os artistas envolvidos. “Não foi fácil para nenhum dos atores, preciso dizer. Independente de vc estar no set por semanas ou meses, Paul vai te torturar. O tempo não importa. Diego esteve lá e passou por toda a loucura do deserto, Nanda teve que trabalhar a noite toda por semanas… A coisa definitivamente foi difícil para todos”, disse.

Uma das grandes preocupações de “Monster Hunter” foi a fidelidade aos jogos. Após elogio de Nanda, o diretor Paul W.S. Anderson revelou destacou o quão importante foi a colaboração de Kaname Fujioka Ryozo Tsujimoto, os criadores do game, durante a criação do longa.

“Eles estão vivendo nesse mundo há 20 anos e eu quis ser o mais preciso possível, então os consultei sobre tudo no filme. O visual das paisagens e dos monstros… Eles enviaram muitas notas sobre detalhes como as unhas dos diablos. E eu sabia que se eu os agradasse, agradaria os fãs. Porque eles são os maiores críticos de seu próprio mundo e eles ficaram muito muito felizes com o que criamos”, disse.

Um dos momentos mais engraçados do painel, foi quando o astro Diego demonstrou todo o amor pelo Brasil e conversou em português com Nanda. Além das curiosidades e detalhes de bastidores dessa super produção, o público pode conferir uma cena inédita do filme, estrelada por Jovovich e Costa, que fala em esperanto no longa.

Assista a cena:

Agradecemos pela sua visita! Se gostou desta notícia, compartilhe com alguém que goste e nos ajude a chegar em mais pessoas. Acompanhe mais conteúdos exclusivos da Poltrona Vip no Twitter, Facebook e Instagram. Além disso, siga também no Google Notícias para não perder nada e se inscreva em nosso canal do Youtube.

Se você quiser falar com a gente para envio de pautas, anunciar ou comunicar algum erro em nossas matérias, mande email para [email protected] e ficaremos felizes em te atender. Agora, se quiser fazer parte da nossa equipe de colaboradores, clique aqui para se inscrever.

Trending