in

“Parabéns” | YouTube coloca restrição de idade em clipe de Pabllo Vittar

Após três meses desde o lançamento, o YouTube adicionou em “Parabéns”, clipe de Pabllo Vittar em colaboração com Psirico, uma restrição que impede que menores de 18 anos o assistam. A atitude deixou o público que acompanha a carreira da artista confuso e sem saber o porquê de tal restrição.

A mensagem “Faça login para confirmar sua idade. Este vídeo pode ser impróprio para alguns usuários” é exibida no início do videoclipe obrigando o usuário a fazer o login na plataforma para assistir. A ação afeta diretamente o clipe, que foi lançado em novembro de 2019 e já conta com quase 50 milhões de visualizações.

Há alguns dias, os fãs já haviam notado que o clipe havia passado por uma alteração. Nos segundos finais do vídeo, foi adicionada a mensagem “Se Beber, Não Dirija”. A alteração aconteceu por determinação do CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), que segundo informações, pediu a restrição pelo anúncio de uma bebida alcoólica durante o vídeo.

“Não tem nada no clipe de Parabéns que que não tenha na maioria dos outros clipes. Isso é tão injusto. Quer por restrições? Coloque em todos os outros, então. Mas que saco! Continuem assistindo o clipe no YouTube e nas plataformas Vittarlovers”, disse a artista no Twitter.

Nas redes sociais, os fãs e admiradores de Pabllo questionam a determinação acusando a plataforma de preconceito e homofobia, uma vez que há dezenas de vídeos de cantores brasileiros e internacionais com fazendo uso de bebida, com cenas sensuais e não receberam restrição.

Vale lembrar que a restrição por idade acontece quando um vídeo possui algum conteúdo explícito e considerado impróprio para menores, como cenas de sexo, drogas e palavrões. O máximo que o clipe de Vittar apresenta é a cantora com roupas sensuais, além do anuncio de bebida.

E você, concorda com a determinação? Assista o clipe e fale para a gente!

Site confirma novas temporadas de Elite

“Elite” tem quarta e quinta temporada confirmada por site espanhol

Recorde! “Minha Mãe é Uma Peça 3” é a maior bilheteria da história do cinema nacional